Uncategorized

Assessor comissionado preso por supostos delitos de exploração sexual de crianças tem Beto Richa tatuado no braço

Blog do Tarso

1948243_543568582424241_384145825_n Beto Richa tatuado no braço. Foto do Facebook de Caramori

Fotos do Facebook de Marcelo Fotos do Facebook de Marcelo

10563070_631306433650455_3772384804965011512_n Papel de parede. Foto do Facebook de Caramori

994581_431055893675511_595450736_n  10294340_699247936856304_438167051526597231_n

Assessor comissionado do governador do Paraná Beto Richa (PSDB) em Londrina, o fotógrafo Marcelo Caramori, vulgo Tchello, que se diz amigo do governador, foi preso ontem por suposto envolvimento de agentes públicos em casos de delitos de exploração sexual de crianças e adolescentes.

O povo paranaense pagava um salário acima de R$ 6 mil para ele, que tem até uma tatuagem com o nome de Beto Richa, conforme fotos de seu facebook.

Além de fotos que mostram proximidade de Marcelo com Beto, o suposto criminoso ainda utilizava as redes sociais para chamar o Partido dos Trabalhadores e a presidenta Dilma Rousseff (PT) de criminosos e fazer críticas ao senador Roberto Requião (PMDB) e Gleisi Hoffmann (PT).

Ver o post original

Um pensamento sobre “Assessor comissionado preso por supostos delitos de exploração sexual de crianças tem Beto Richa tatuado no braço

  1. Pingback: Para PSDB, confiança é tudo | Ficha Corrida

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s