Uncategorized

IBGE: renda real do trabalhador cresceu mais de 33% desde 2003

trabalhadoresO desemprego caiu ao menor patamar da história, a inadimplência das famílias nunca esteve tão baixa, o salário mínimo subiu bem acima da inflação e o salário médio dos trabalhadores continua crescendo. Mas esta verdade passa desapercebida para pessoas que só se informam pelos meios de comunicação tradicionais como rádio, TV, Jornais e revistas. Nem vou perder tempo xingando a grande mídia. Só publico abaixo os dados. Clica nos links e lê também a matéria a seguir. Os dados falam por si.

Renda média anual passou de R$ 1.581,31 para R$ 2.104,16 em 12 anos. Serviços domésticos tiveram maior aumento, com avanço de 69,9% no período

Do Portal Brasil

A média anual da renda da população ocupada do País, descontada a inflação, cresceu 33,1%, entre 2003 e 2014, passando de R$ 1.581,31 para R$ 2.104,16, o que significa acréscimo de R$ 522,85, segundo dados da Pesquisa Mensal de Emprego (PME) divulgada nesta quinta-feira (29), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Apenas em 2014, a média anual do rendimento habitual real da população ocupada (R$ 2.104,16) cresceu 2,7% em relação a 2013 (R$ 2.049,35). A população ocupada compreende as pessoas que tinham trabalho na semana anterior à realização da pesquisa, ou seja, os indivíduos que tinham um patrão, os que exploravam seu próprio negócio e os que trabalhavam sem remuneração em ajuda a membros da família.

Um pensamento sobre “IBGE: renda real do trabalhador cresceu mais de 33% desde 2003

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s