Rio Grande do Sul

BM DE SARTORI HUMILHA SERVIDORES DE JOELHOS EM PRAÇA PÚBLICA

Policiais civis e funcionários da SUSEPE se posicionam de joelhos, sem armas na mão. Pedem para que a Brigada Militar pare com a chuva de bombas de efeito moral e com o gás de pimenta jogado sobre o  povo na praça. A resposta foram mais bombas, balas de borracha e cacetadas neles, que demonstraram estar ali pacificamente, e nas milhares de pessoas que estavam na Praça da Matriz em frente a Assembléia Legislativa. Servidores e populares protestam contra a votação do “histórico pacote” segundo o Governador, que “vende o futuro do Rio Grande para pagar o passado”, como diz Giovani Feltes , seu secretário da Fazenda.

policia-civil-e-susepe

Policiais civis e servidores da SUSEPE são humilhados pela Polícia de Choque da BM de Sartori

Mas como para Sartori e sua turma humilhação pouca é bobagem, a foto abaixo mostra foto das bombas utilizadas. Estão vencidas desde 2014, e como consta nos cartuchos das bombas disparadas, usadas depois do prazo, além do efeito moral, elas podem provocar outros problemas de saúde. Joga no povo bombas de gás vencidas, que custam cada uma o valor do salário de um professor, que tem seus salários parcelados há 8 meses e talvez nem receba o 13º salário.

 

sartori-bomba

Bombas de efeito moral, vencidas, que segundo o rótulo das próprias, pode fazer muito mais mal a saúde do que só o efeito moral de gerar lágrimas na hora

Infelizmente a grande mídia, o 4º poder operante continua mostrando sua força. Passam a ideia de que o que esta em jogo são os empregos de alguns servidores públicos, quando o que esta em votação é a liquidação de importantes estruturas públicas do Estado, que prestam serviços ao próprio Estado a um custo muito inferior ao da iniciativa privada, e que o Estado precisará comprar de toda forma, mas então, por preços decididos pela própria iniciativa privada. Isto quando se fala das Fundações. Mas o pior é o ataque as empresas públicas do Setor Elétrico. No pacote estão incluídas a venda da CEEE, CRM e SULGÁS. Estas empresas compõe o Setor Elétrico do Estado. Ou seja, concretizada a barbaridade do pacote, o Rio Grande perderá o que ainda tem de potencial de Gerar não só sua própria Energia, mas também de vender para outros Estados, como vem ocorrendo até então. As 3 empresas geram altos lucros e ainda por cima geram altíssimos retornos em ICMS. O que esta em jogo não é o emprego de meia dúzia de servidores públicos. É o futuro do Rio Grande  dos Gaúchos. Mas parece que os Gaúchos não entenderam. Só entenderão quando a “água estiver batendo na bunda”. Mas aí será tarde demais. A iniciativa privada tomará de assalto as partes lucrativas do Estado, aplicarão tudo no mercado financeiro e seus acionistas ficarão mais ricos. Já o povo, bom …pro povo, humilhação pouca é bobagem. O RS esta sendo liquidado em praça pública.

2 pensamentos sobre “BM DE SARTORI HUMILHA SERVIDORES DE JOELHOS EM PRAÇA PÚBLICA

  1. Pingback: Sartori humilha o Rio Grande: Veja como votaram os Deputados sobre o fechamento de Fundações Públicas | Luíz Müller Blog

  2. Pingback: Em Helicóptero do SAMU do RS, soldado de carabina em punho, ameaça servidores em mobilização | Luíz Müller Blog

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s