Uncategorized

São Paulo: PSDB fecha salas de aula e aumenta número de homicídios, estupros e latrocínio

Via Carta Campinas em 24/2/2017 Há 20 anos ininterruptos governando o estado de São Paulo, o PSDB mantém uma política de fechar salas de aulas e aumentar as salas de presídio. O partido tem conseguido “sucesso” esperado. Em janeiro, o número de vítimas de homicídios, latrocínios e estupro cresceu no estado de São Paulo. Em […]

via São Paulo: PSDB fecha salas de aula e aumenta número de homicídios, estupros e latrocínio — bloglimpinhoecheiroso

Há 20 anos ininterruptos governando o estado de São Paulo, o PSDB mantém uma política de fechar salas de aulas e aumentar as salas de presídio. O partido tem conseguido “sucesso” esperado. Em janeiro, o número de vítimas de homicídios, latrocínios e estupro cresceu no estado de São Paulo.

Em coletiva concedida na tarde desta sexta-feira [24/2], o secretário de Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho, disse que os índices de criminalidade vem aumentando no país, o que, segundo ele, pode ser consequência da crise econômica (SIC).

O governo tucano não vê qualquer ligação entre o aumento da criminalidade e a redução do investimento na população. O governo de Geraldo Alckmin (PSDB) fechou quase 900 salas de aula.  Mais que isso, o governo do PSDB fez o inimaginável em 20 anos: a política de segurança espalhou a criminalidade por todo o estado de São Paulo, conforme comprovado por pesquisa científica.

Em janeiro, o número de vítimas de homicídio cresceu, chegando a 310, três mortes a mais que na relação com janeiro do ano passado. Já o número de estupros aumentou 13,29% em janeiro, passando de 790 para 895 ocorrências, sendo 105 a mais. O interior do estado foi responsável por 533 casos do total registrado em janeiro. Dados da própria Secretaria de Segurança de São Paulo.

O número de casos de latrocínios, ou roubo seguido de morte, tiveram um aumento expressivo em janeiro, em São Paulo, com crescimento de 44,44%, passando de 27 ocorrências em janeiro do ano passado para 39 este ano. O número de vítimas de latrocínios também cresceu, passando de 28 para 40.

Também houve aumento no número de roubos em geral, que passaram de 25.640 registros no ano passado para 26.469 em janeiro deste ano.

Um pensamento sobre “São Paulo: PSDB fecha salas de aula e aumenta número de homicídios, estupros e latrocínio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s