PREVIDÊNCIA

Na RBS, Onyx Lorenzoni ameaça brasileiros com “banho de sangue” se Reforma da Previdência não passar

Onyx pede “grande pacto” por reforma da Previdência e cita exemplo do Chile: “Teve que dar um banho de sangue”. “O Sangue lavou as ruas do Chile mas agora a macroeconomia lá esta bem”, disse também o estafeta de Ditador. Ou seja, se não rolar o “pacto dele”, só um “banho de sangue” resolveria. Elogiou o Ditador assassino Pinochet, que mandou matar milhares de opositores e não fala dos milhões de aposentados que hoje reecebem apenas meio salário mínimo a titulo de “auxilio pobreza”, por que os Institutos de Previdência Privados “quebraram” e os bancos financiadores destes levaram todo o dinheiro. E ele falou isto em Plena Rádio Gaúcha. É bom o povo acordar logo, em especial o gaúcho, por que Bolsonaro e sua turma, incluindo Onyx, foram eleitos por este povo que talvez morra trabalhando sem nem conseguir se aposentar.

Segue a matéria da Gaúcha ZH

Ministro da Casa Civil falou sobre necessidade de mudanças na aposentadoria em entrevista ao Gaúcha Atualidade

GaúchaZH

Onyx Lorenzoni defendeu “grande pacto” para que o país avance com a reforma da Previdência e tenha mudanças positivasIsac Nóbrega / PR / DivulgaçãoFrente à articulação política do governo Bolsonaro na Câmara dos Deputados,  o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, foi enfático nesta quinta-feira (21) sobre a necessidade de um esforço conjunto para a provação da reforma da Previdência. Em entrevista ao Gaúcha Atualidade, o ministro citou o governo do ditador Augusto Pinochet, no Chile, para justificar os benefícios das mudanças a longo prazo: — O que temos que ter consciência é que neste momento ou o Brasil faz um grande pacto, superamos as dificuldades inclusive ideológicas, no sentido de poder construir um futuro para o nosso país, ou não temos futuro — afirmou o ministro, citando crises enfrentadas por outros países, como Portugal, a Grécia e, principalmente, o Chile.— No período Pinochet, o Chile teve que dar um banho de sangue. Triste, o sangue lavou as ruas do Chile, mas as bases macroeconômicas fixadas naquele governo, já passaram oito governos de esquerda e nenhum mexeu nas bases colocadas no Chile no governo Pinochet — completou.Para o ministro, diferente da situação do pais vizinho, no Brasil, “para que a transformação chegasse neste momento, só correu sangue do presidente Bolsonaro, de mais ninguém”, em referência ao ataque sofrido pelo presidente durante a campanha, em Minas Gerais . — Graças a Deus, ele está bem, está salvo, com a saúde em dia, e o Brasil se preparando para, feita a nova Previdência, o Brasil poder entrar no portal que leva o Brasil a um novo mundo — enfatizou.Mais tarde, diante da repercussão da fala do ministro, a colunista Rosane de Oliveira voltou a questioná-lo sobre a referência ao “banho de sangue” no Chile.— O Chile, para poder ser o que ele é hoje, com US$ 24 mil de renda per capita ao ano, um país que tem absoluta independência, que tem prosperidade, que tem educação de qualidade, tu anda livremente nas ruas sem nenhum medo à meia-noite, o que a gente não consegue fazer nas cidades brasileiras… foram lançadas as bases que permitiram que este país pudesse se consolidar — disse Onyx. — Provavelmente a turma da esquerda se incomodou porque eu reconheci algum mérito no governo Pinochet.— Não, foi pelo banho de sangue que as pessoas se incomodaram — relatou Rosane de Oliveira, citando mensagens de ouvintes no WhatsApp da Rádio Gaúcha.— E no Brasil, que o presidente teve que dar o seu sangue? Ninguém fala, ninguém ficou revoltado? — rebateu o ministro.

Alguém tem alguma dúvida do que disse o Ministro do Bolsonaro? Se não aprovar “na boa”, com compra de Deputados e tudo, só se correr sangue pra aprovar. E ainda elogiou o Pinochet, que mandou matar e torturar milhares de pessoas.”Talquei?” Como diria o Bolsonaro.

Pra quem tem estômago, leia e ouça a entrevista na íntegra no link da RBS a seguir https://gauchazh.clicrbs.com.br/politica/noticia/2019/03/onyx-pede-grande-pacto-por-reforma-da-previdencia-e-cita-exemplo-do-chile-teve-que-dar-um-banho-de-sangue-cjtikmy6i05al01ujdr8da4f5.html

5 pensamentos sobre “Na RBS, Onyx Lorenzoni ameaça brasileiros com “banho de sangue” se Reforma da Previdência não passar

Deixe uma resposta para Carlos F P Neto Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s