Porto Alegre/SAÚDE

Revés de Marchezan: STF DIZ QUE TRABALHADORES DA SAÚDE DE PORTO ALEGRE NÃO DEVEM SER DEMITIDOS

Marchezan tentava acelerar a celeuma do IMESF para privatizar a Saúde mais rapidamente. E a RBS o ajudou, lançando em plena madrugada uma notícia de que logo todos os trabalhadores na saúde estariam demitidos.

Além de manter a Saúde funcionando, a Prefeitura tem a obrigação de recorrer do processo. Marchezan queria simplesmente deixar de recorrer das decisões. E pior, deixar de cumprir a sua função, de dar solução para o tema. E a única solução possível e viável é a manutenção dos Serviços e dos Postos de Saúde existentes e da Estratégia de Saúde da Família, a qual tem mais de 200 equipes em Porto Alegre. Mas a alvissareira notícia vinda de Brasília e anunciada a pouco pelo Vereador Oliboni em Vídeo, não pode ser razão para os trabalhadores na Saúde e o Povo de Porto Alegre continuar se Mobilizando.

Marchezan quer desmontar o SUS em Porto Alegre, por que isto faz parte do projeto neo liberal embutido também no terrível Governo Bolsonaro e no até pouco tempo atrás, escorregadio Governo Leite (Agora este também começa a mostrar a violência contra Professores, servidores públicos e até com o desmonte da política de Meio Ambiente do Estado). Ou alguém ainda duvida que isto é um projeto nacional de destruição de direitos e de Estruturas do Estado, no caso específico, o Desmonte do SUS para entregar a saúde a iniciativa privada?

Então, a Mobilização não pode parar. Pelo contrário. Esta pequena vitória que significa esta informação, tem que ser combustível para continuarmos na Luta e impedir o desmonte do SUS em Porto Alegre e no Brasil.

Do Facebook do Vereador Oliboni

A reunião que ajudamos a articular entre a ministra do STF e uma comissão de deputados e representantes dos trabalhadores foi esclarecedora. A prefeitura não precisa extinguir o Imesf e demitir seus Profissionais agora como anunciou o prefeito. Há caminhos judiciais e o processo na Corte Suprema não tramitou em julgado. Essa é a verdade que Marchezan se omite de falar para tentar fechar até 40% das unidades de saúde em Porto Alegre e transferir a Estratégia Saúde da Família para organizações privadas.

2 pensamentos sobre “Revés de Marchezan: STF DIZ QUE TRABALHADORES DA SAÚDE DE PORTO ALEGRE NÃO DEVEM SER DEMITIDOS

  1. Muller
    Pare de torcer contra o país, a hora e de todos os brasileiros se unirem e tentar tirar o país do buraco que o PT meteu.
    Se isso aqui afundar, vai junto quem votou e quem não votou no bolsonaro.
    Seja mais verde amarelo e menos vermelho.
    A campanha acabou, você não ganha nada, prestando um desserviço ao país.
    Seja brasileiro,seja patriota.
    Se aqui tá ruim, vs morar na Venezuela e em cuba, lá tá uma maravilha.

    Curtir

    • Deixa eu entender: o PT há 18 anos não governa Porto Alegre, mas tu dizes que o PT é o responsável pela nhaca que tá a cidade? Acorda homem. E falando em PT, em Dezembro de 2014, último ano do Governo Dilma, tinhamos o menor índice de desemprego da história. E lá ja se vão 5 anos. Mas tu dizes que a culpa da nhaca é do PT. Entendeste o link Porto Alegre e Brasil no meu comentário? Então lê um pouco como era Porto Alegre de 1988 a 2004, quando o PT governou Porto Alegre: desenvolvimento, investimento, saúde, educação, tudo funcionando. Já agora com o tucano bolsonarista prefeito somado as gestões anteriores, os serviços públicos destruídos

      Curtir

Deixe uma resposta para Luiz Müller Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s