comunicação/Guerra Híbrida/Redes Sociais

Fragmentos da Guerra Hibrida: Pesquisa mostra origem, antecedentes e consequências de junho de 2013 no Brasil

Enquanto não tivermos clareza sobre o porque e o que levou aos movimentos de Junho de 2013, teremos dificuldade de compreender por que um eleitorado que já havia se tornado fiel ao PT e a esquerda foi convencido a mudar radicalmente e votar contra o mesmo projeto que transformou o Brasil numa Referência Política e Econômica Mundial e que melhorou as condições de vida da população em geral “como nunca antes na história”, parafraseando Lula.

Já publiquei aqui no Blog vários artigos meus e de outros camaradas com opiniões próximas sobre o tema .

Mas o artigo a seguir da Isabel Monteiro, a @Gringabrazilien, mostra dentro de uma linha de tempo, as etapas da narrativa que estraçalhou a política brasileira e segue levando o Brasil, uma das nações mais ricas e importantes do mundo, a auto destruição.

Publico a seguir o Artigo que é na verdade a apresentação da Pesquisa que ela se dispôs a fazer para tentar juntar os fragmentos e formar o quadro para que ele se torne compreensível. Ao final do artigo, o link para o que a @Gringabrazilien conseguiu levantar, apesar das dificuldades que ela mesma narra no artigo.

Boa leitura.

Segue o artigo o link para a pesquisa:

No início de Dezembro 2020, o jornalista Reinaldo Azevedo publicou uma notícia sobre o envolvimento da ONG Tranparência Internacional com a Lava-Jato😦noticias.uol.com.br/colunas/reinaldo-azevedo/2020/12/07), que foi amplamente repercutida por diversas mídias no Brasil.
A notícia colocou a Transparência Internacional na pauta – e com isso surge uma oportunidade de trazer à tona infos sobre a T.I., e o seu papel na disseminação da pauta anti-Corrupção, que foi o principal mecanismo pelo qual o campo onde a Lava-Jato iria atuar foi construído, semeando o clima de ódio e anti-política necessário, para que a operação, e tudo o que ela iria desencadear no país, tivesse pleno apoio popular. 
Foi a partir dessa notícia, que decidí pesquisar um pouco mais – e o que surgiu surpreendeu até  minha própria expectativa, e veio a confirmar a análise e obsevações que já havia feito desde 2014; e foi então que com um mouse quebrado, um PC antigo e dezenas de abas da DuckDuck, que a verdadeira natureza da ‘Primavera’ de Junho de 2013 começou a ser revelada: Junho de 2013 me parece ter sido o fruto, a colheita, de um processo que vinha sendo semeado no Brasil desde 2010/11, com a disseminação da pauta anti-Corrupção numa extensa rede de Ongs, grupos e instituições diversas, que se opunham ao Governo trabalhista. Abrangência: O material não tem ambição de ser uma pesquisa exaustiva e completa, são só alguns fragmentos que me parecem relevantes, e que surgiram quando comecei a puxar o fio da meada Transparência Internacional, e que como se diz na gringa: é só the tip of the iceberg, muito mais ainda precisa ser pesquisado. A pesquisa foca no período de gestação e evolução das 2 principais pautas: a anti-Corrupção e a pauta Tarifas 20Cents, que vai do início de 2011 até o início de Junho 2013, mas também aponta a atual consolidação da * Esquerda Compatível no Brasil. O que a Pesquisa demonstra é que bem antes de JUN 2013, importantes agentes já estavam semeando, investindo e planejando o que iria se tranformar no VemPraRua, e que os grandes Protestos que explodiram em 2013, não foram um ‘fenômeno espontâneo’, mas o resultado de um longo processo, envolvendo diversas forças, que tinham objetivos em comum.(* Esquerda Compatível: pesquisar o historiador Douglas Valentine + Compatible Left na minha tl)
Durante a pesquisa ficou também evidente que a narrativa que entrou para a história, e que está registrada em dezenas de teses, artigos e livros, foi a propagada pela Rede Globo (& aliados), de que o povo: ‘Foi prá Rua espontaneamente, porque não aguentava mais tanta Corrupção e os preços exorbitantes das Tarifas de ônibus!” Oras, essas foram precisamente as 2 pautas que vinham sendo semeadas no país – e é umanarrativa totalmente incorreta, que nem de longe reflete como a bem-sucedida Primavera Brasileira veio a florescer, ou revela quais as forças e os agentes que organizaram e montaram o palco, para o grande espetáculo que tomou conta do país em 2013.
AnáliseExistem diversas análises que já foram feitas sobre esse período crítico na história do Brasil moderno, mas análises não são suficientes, temos que apontar provasdados concretos, mostrar quem estava financiando, quem eram os operadores de facto,  esse foi o meu objetivo desde o início: trazer fatos, provas concretas. Espero que essa pequena pesquisa sirva para instigar a curiosidade das pessoas, e que jornalistas, acadêmicos possam aprofundar as investigações, para que a verdadeira estória do que ocorreu no Brasil, seja devidamente contada – não sómente com análises e suposições, mas com fatos concretos bem documentados.Esse é um dever que temos com a Democracia do nosso país e com todos nós.
Boa Pesquisa prá vocês!
Isabel Monteiro (@gringabrazilien)28, de Dezembro 2020 (about me/minha bio >wikipedia.org/wiki/Drugstore_(band) + drugstoreband.blogspot.com/p/bio

Clica no link seguir e lê a pesquisa completa:

https://pesquisarbrasil.blogspot.com/p/pesquisa-parte-i.html

https://pesquisarbrasil.blogspot.com/p/pesquisa-parte-i.html

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s