energia/Terrorismo

Enquanto saqueavam Brasília, Terroristas também derrubaram Torres de Energia em Itaipú e em Rondônia

O objetivo dos terroristas não era só atacar Brasília. Desde Sábado tentam impedir o funcionamento de três importantes Refinarias da Petrobras, incluindo a REFAP em Canoas no RS. Os ataques acabaram frustrados depois da repercussão mundial dos Atentados TERRORISTAS em Brasília e das prisões já ocorridas.

Não adianta prender só os pangarés e trouxas que se submeteram ao papel de criminosos por R$ 50,00 ao dia. É preciso prender os empresários e demais financiadores destes crimes de Lesa Patria.

Se os custos de cometer os Atos Terroristas em Brasília devem ter sido milionários, imagina derrubar Mega Torres de Energia no interior da Floresta Amazônica em Rondônia e no interior do Paraná.

Eles querem gerar o caos no Brasil para nos transformar em mão de obra escrava para gringos espoliadores e os golpistas virarem capatazes de mega fazendas de produção de gado e entregar nossas fontes de energia, incluindo o Petróleo, a água e o ar para exploradores internacionais.

Imediato Congelamento de Bens e Prisão de Bolsonaro e de sua gangue de criminosos, incluindo os Generais do GSI e a prisão dos financiadores do terrorismo.

Segue matéria da CNN:

Segundo boletim do ONS, três ocorrências aconteceram entre o domingo e a segunda-feiraTorres de energia são derrubadas no Paraná e Rondônia | VISÃO CNN

Torres de energia são derrubadas no Paraná e Rondônia | VISÃO CNN

O sistema elétrico nacional sofreu ataques nas últimas horas com a derrubada de torres de transmissão de energia elétrica. A operação, porém, não foi afetada e o Sistema Integrado Nacional (SIN) não registrou problemas.

Torres foram derrubadas no Paraná e em Rondônia e, segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), há indícios de “sabotagem e vandalismo”.

As ocorrências aparecem em documentos do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) e da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Segundo boletim do ONS, três ocorrências aconteceram entre o domingo e a segunda-feira. Às 21h30 do domingo, dia 8, houve queda de uma torre de transmissão na linha de transmissão entre a Usina de Samuel e a cidade de Ariquemes, ambas em Rondônia.

A queda da torre gerou o desligamento da linha de transmissão, mas não houve consequência significativa para o sistema nacional, diz o ONS.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s