Uncategorized

FOGAÇA, PERDIDO EM PALOMAS

Muito boas as viagens que o Juremir faz para Palomas. A de hoje então, retrata bem as incongruências dos políticos e da justiça daquela terra, que estranhamente parece ser o nosso Rio grande do Sul. Reproduzo a coluna do Juremir Machado de hoje, no Correio do Povo.

Mistérios de Palomas

Há muitos enigmas em Palomas. Confesso que é difícil entender certas articulações políticas palomenses. Darei alguns exemplos. Palomas é governada pelo partido dos operários, sempre acusado de ser um partido de intelectuais. Um dos maiores partidos de Palomas, com prefeitos na maioria dos distritos da república do Pampa, nem apresenta candidato à Presidência. Deveria ser, portanto, o principal partido de oposição. Mas está sempre no governo, em qualquer governo, sendo conhecido como partido dos que sempre se dão bem e estão sempre no poder. Curiosamente esse partido não é chamado de em cima do muro, rótulo que cabe ao partido dos passarinhos bicudos, o qual, como se sabe, caiu faz tempo para o lado direito do muro. Em Palomas. Estou falando de Palomas.

Palomas é cheia de paradoxos, inclusive judiciais. O goleiro do Flazão de Palomas está preso, acusado de matar a amante. Ainda não foi julgado. É réu primário. As provas divulgadas até agora contra elas são precárias, embora todos acreditem que ele seja mesmo o autor da façanha. Já o ex-diretor do jornal mais reacionário de Palomas, O Estado de Palomas, conhecido como Palomão, é réu confesso. Matou a namorada pelas costas. Está fazendo dez anos. Foi julgado e condenado. Continua solto. Dá para entender? A Justiça de Palomas jura que é neutra, objetiva, imparcial e, principalmente, justa. Os magistrados garantem que não fazem diferença entre classes sociais. Curiosamente quando o filho adolescente de um dos donos da Rede Baita Social na Ilha de Férias Palomas (ainda não tinha falado dessa ilha, não é?) praticou um estupro, foi condenado a prestar serviços comunitários. Nem chegou a passar na frente da Fase.

O assunto, porém, é eleição. O partido dos passarinhos bicudos é inimigo jurado do partido dos operários. O presidente nacional do partidos dos eternamente no poder concorre a vice na chapa da candidata do partido dos operários. Paradoxalmente, no Sul de Palomas, os integrantes do partido dos eternamente no poder apoiam o candidato do partido dos passarinhos bicudos. Dá para entender? Mas não apoiam o candidato do partidos dos operários para o cargo de governador do Sul Palomas, o qual, obviamente, é apoiado pela candidata nacional do partido dos operários, cujo vice, apoia, no Sul de Palomas, o candidato do seu próprio partido, que não é apoiado pelo partido dos passarinhos bicudos, pois este tem sua candidata. Dá para entender? Não, não e não.

Não faz mal. Palomas é complexa. A moda por lá agora é beijo na boca de cachorro, carregar cachorro em carrinho de criança, funeral pet, com cerimonial e música preferida do falecido, cemitério de cão e chamar cachorrinho de meu filho, meu amor e minha vida. Falando em música, sucesso total em Palomas no momento é o estilo sertanejo universitário, mais sertanejo que universitário. Tem uma casa noturna especializada nesse ramo, a Granja, bombando por lá. Outra casa noturna muito frequentada em Palomas é a “Pink Rinocerante”, onde vão os que até agora só têm um chifre. Palomas é tudo de bom!

Para o original, Clica aqui http://www.correiodopovo.com.br/Impresso/?Ano=115&Numero=330&Caderno=0&Editoria=120&Noticia=187737

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s