Uncategorized

Avanços na igualdade, aquilo que não é notícia

oit1

Sem que fosse notícia no Brasil, a Organização Internacional do Trabalho divulgou, na sexta-feira, seu relatório sobre salário e renda no mundo.

E porque não é notícia?

Porque o relatório mostra que é crescente a desigualdade no mundo, sobretudo nos países desenvolvidos.

E que é dos países emergentes que vêm os ganhos de renda dos mais pobres.

O crescimento dos salários foi de apenas 2% de 2013 para 2014, contra 2,5% da comparação anual anterior.

Mesmo assim, graças aos países emergentes.

Transcrevo o comunicado oficial da OIT.

Mesmo este modesto crescimento dos salários globais foi impulsionado quase que inteiramente por economias do G20 emergentes, onde os salários aumentaram 6,7 por cento em 2012 e 5,9 por cento em 2013. Pelo contrário, o crescimento médio dos salários nas economias desenvolvidas tinha oscilado em torno de 1 por cento ao ano desde 2006 e, em seguida, diminuiu ainda mais em 2012 e 2013 para apenas 0,1 por cento e 0,2 por cento, respectivamente. “O crescimento dos salários diminuiu a quase zero para as economias desenvolvidas como um grupo nos últimos dois anos, com queda real nos salários em alguns “, disse Sandra Polaski, diretor-geral adjunto da OIT,

Nos países ricos, como você pode ver na figura ao lado, os retrocessos na distribuição de renda é gritante.

Espanha e Estados Unidos foram os “campeões” nesta triste disputa.

E enchem a boca para nos dizer o que fazer e como fazer.

A OIT, porém, diz o contrário:

“(…)na maioria dos países onde a desigualdade aumentou, como nos Estados Unidos ou na Espanha, as mudanças nos salários e do emprego têm sido a força dominante. No entanto, quando a desigualdade tem sido reduzida, como no Brasil, na Argentina e na Federação Russa, salários e aumento do emprego tem sido uma força motriz na redução da desigualdade.”

Você mesmo pode comparar os índices: o lá de cima, o dos 10% mais pobres entre os brasileiros.

Aí embaixo, o dos 10% mais desfavorecidos dos EUA.

Os números falam por si.

Só os jornais não falam por nós.

oiteua

Pescado do Tijolaço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s