Uncategorized

Brasil: A menor taxa de desemprego da história e a inadimplência no Crédito também é menor da história

Conforme já publiquei aqui no Blog ontem, o Banco Central informou que a inadimplência no crédito é a menor de toda a história no Brasil. Agora a informação do IBGE é de que estamos na menor taxa de desemprego da história do país e o salário médio subiu acima da inflação. Mas a mídia golpista e mentirosa continua jogando contra o Brasil ao semear mentiras e dizer que a economia vai mal. Como assim vai mal? Eles querem forçar medidas duras para gerar desemprego, como ocorre em boa parte da Europa. Ali quem ganha dinheiro são os banqueiros e os agiotas legalizados que vivem da renda e não do trabalho e do investimento produtivo. Lê a matéria abaixo Com informações do IBGE

A taxa média do desemprego brasileiro atingiu o menor nível da série histórica, medida desde 2002 por meio da Pesquisa Mensal de Emprego (PME) do IBGE. Os dados divulgados nesta quinta-feira (29) apontam que, no mês de dezembro, o desemprego caiu a 4,3%, mantendo a mínima histórica para o mês e ficando 0,5 ponto percentual abaixo da taxa registrada em novembro, que foi de 4,8%. Com isso, a taxa média de desemprego do ano passado ficou em 4,8%, abaixo dos 5,4% de 2013. Em relação a 2003 (12,4%), a redução chegou a 7,5 pontos percentuais.

Desempreego blog

A maior queda no desemprego em 2014 foi registrada na região metropolitana do Rio de Janeiro, de -23,4%. Seguida de São Paulo (-16,5%) e Belo Horizonte (-12,5%). Nas seis regiões pesquisadas pelo IBGE, os salários médios das pessoas ocupadas subiu 2,7% em relação a 2013 e chegou a R$ 2.104,16.

Na comparação com 2003, o aumento foi de 33,1%. Em dezembro de 2014, o rendimento médio era de R$ 2.122.10, ou seja, 1,8% abaixo do pago em novembro, 1,6% acima do de dezembro de 2013.

A média anual da massa de rendimento real mensal habitual em 2014 (R$ 49,3 bilhões) cresceu 3,0% em relação a 2013 e 66,0% contra 2003.

População desocupada e ocupada
Em 2014, a média anual da população desocupada foi estimada em e 1,176 milhão de pessoas desocupadas, contingente 54,9% menor que o de 2003 (2,608 milhões) e 10,8% abaixo da média de 2013 (1,318 milhão).

Em dezembro de 2014, a população desocupada nas seis regiões pesquisadas (1,051 milhão) recuou 11,8% em relação a novembro (1,192 milhão) e 0,9% contra dezembro de 2013 (1,061 milhão).

A média anual da população ocupada nas seis regiões pesquisadas em 2014 foi estimada em 23,087 milhões de pessoas, recuando 0,1% em relação a 2013, quando este contingente era de 23,116 milhões. Em dezembro de 2014, a população ocupada nas seis regiões pesquisadas chegou a 23,224 milhões, recuando 0,7% em relação a novembro e ficando estatisticamente estável (0,5%) frente a dezembro de 2013.

A pesquisa mostra que, no ano passado, a indústria tinha 69,7% dos trabalhadores com carteira assinada, 8,1% sem carteira, 16,7% trabalhando por conta própria e 4,1% como empregador. Em 2003, o emprego com carteira era da de 60,7% na indústria. A PME é realizada nas regiões metropolitanas de Recife, Salvador, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre.

2 pensamentos sobre “Brasil: A menor taxa de desemprego da história e a inadimplência no Crédito também é menor da história

  1. Pingback: IBGE: renda real do trabalhador cresceu mais de 33% desde 2003 | Luizmuller's Blog

  2. Pingback: O Lado Bom de 2015 (Sim, ele existe!) | 3PM Kickoff

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s