Uncategorized

Por que a CPMF é um imposto Progressivo e é boa para a sociedade

Adib Jatene, Ministro de Itamar e FHC, propôs a criação da CPMF em 1993.

Adib Jatene, Ministro de Itamar e FHC, propôs a criação da CPMF em 1993.

A CPMF é um imposto cobrado sobre TODAS as operações bancárias. Quando foi instituída, mais do que ser arrecadatoria, ela tinha o objetivo de ser fiscalizatória. Ultimamente muito se tem falado de escândalos como o caso dos bilhões de reais não pagos em multas por grandes empresários como Gerdau, Sirotzky,RBS/Globo, etc..investigados na Operação Zelotes. Também se fala muito da tal “repatriação” de dinheiro enviado irregularmente ao exterior. Há quem diga que o montante só nestes dois casos chegue a mais de R$ 500 bi. Obviamente este dinheiro não foi levado pro exterior em sacos e muito menos em garrafas de cachaça ou malas. Ele foi repassado através de contas bancárias. Ao cobrar 0,38%, ou seja, menos de meio por cento sobre qualquer operação, a CPMF identifica estas operações e com certeza diminuirá em muito a falcatrua de mandar lavar dinheiro fora ou mesmo dentro do país. é por isto que a grita contra a CPMF vem dos empresários grandões e da grande mídia. A grande maioria deles esta envolvida em um dos dois casos que citei acima, ou em outros que não citei mas que existem. Os grandes e os ricos são os que menos pagam imposto no Brasil, isto quando pagam, por que na maioria das vezes sonegam. A CPMF não dá pra sonegar. E o melhor de tudo, a Lei que a instituiu na década de 1990, também estabeleceu que o dinheiro arrecadado tinha que ser destinado a um único fim, que era a saúde. O resultado foi a melhoria substancial nos recursos do SUS e por consequência ampliou a abrangência e a qualidade do atendimento. Um imposto progressivo é um imposto que quem mais tem mais paga.E a CPMF é justamente isto. Bem diferente da maioria dos impostos brasileiros, onde quem menos tem mais paga e os mais ricos não pagam nada. O Imposto de Renda por exemplo, do jeito que esta hoje, proporcionalmente os que menos recebem, são os que mais pagam. Já os que mais ganham pagam um percentual que acaba refletindo menos nos seus ganhos do que os que menos ganham. Assim também é com os tais impostos indiretos, como o ICMS, IPI e outros, que vem embutidos no preço dos produtos. A Coca-Cola que o pobre compra no supermercado é a mesma que o rico compra e o valor do ICMS dela é o mesmo. Então, para o pobre o ICMS afeta muito mais o Bolso do que o bolso do rico.Por isto Impostos indiretos como o ICMS,IPI e outros, são regressivos, ou seja, afetam mais quem ganha menos. A CPMF é um Imposto Progressivo, por que quem ganha mais paga mais e ainda tem a vantagem de ser fiscalizatória.

Além dos links no decorrer do artigo, lê mais sobre o tema nos links abaixo:

***POR QUE SOU A FAVOR DA CPMF

***A CPMF é o seguro-saúde do povo (Por Adib Jatene)

***Os “super ricos” brasileiros não pagam imposto. Isto é uma vergonha! Imposto Sobre Grandes Fortunas Já!

***

2 pensamentos sobre “Por que a CPMF é um imposto Progressivo e é boa para a sociedade

  1. Pingback: Por que a CPMF é um imposto Progressivo e é boa para a sociedade | Q RIDÃO...

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s