Uncategorized

Da insuportabilidade ao insuportável

Abril de Novo Magazine

O mundo, o nosso pequeno mundo, o nosso pequenino mundo de gente atenta e preocupada, adormeceu ou acordou perplexo. Aconteceu o inesperado… ou seria, antes, o/um previsível?
O Mundo enredou-se numa teia que faz com que sejam as gentes que, perante a insuportabilidade do que está, escolham um personagem como Trump para presidente dos Estados Unidos. 
Na minha mundivivência, no meu infinitesimal mundo, com a adoptada opção – tornada obsessão – de querer entender o tempo que vivo enquanto momento do processo histórico, lembro o que senti quando confrontava outras escolhas, em democracia representativa no capitalismo, como as de Reagan, Tatcher, Buch(s). Não dos nomes, não dos/das personagens mas do que simbolizavam – ou poderiam simbolizar – como escalada resultado de manipulação das massas fechadas à compreensão das necessárias transformações do Mundo.
E não quero, agora…, recorrer ao arquivo interno e lembrar o que retive da informação e estudo…

Ver o post original 81 mais palavras

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s