política

Pseudo “Economistas” da Empiricus, agora, são panfleteiros de Doria

POR  no TIJOLAÇO

 planocohen

 

Muitos devem se lembrar de uma “consultoria financeira” que se promoveu inundando de publicidade de terrorismo econômico as páginas da internet.

Como, também, prometendo mundos e fundos para quem seguisse suas fórmulas mágicas para ganhar dinheiro da noite para o dia, como registrou o Valor, há menos de um mês:

Foi no incisivo marketing “americanizado” da sócia estrangeira Agora Inc. que a Empiricus moldou o seu negócio de análise independente no Brasil voltado para o investidor de varejo. Só que as mensagens mais espalhafatosas, com títulos em caixa alta como “LUCRE 41 POR CENTO EM APENAS 40 DIAS” ou “COMO TRANSFORMAR R$ 1.000 EM MAIS DE R$ 150.000 EM 32 DIAS” renderam processo na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e na Apimec, a associação que autorregula a atividade de analista. Paralelamente, o Ministério Público Federal (MPF) abriu uma investigação criminal.

Pois agora, ao estilo “capa da Veja” eles anunciam saber de um “plano” do ex-presidente Lula “que ameaça diretamente o seu patrimônio”.

Sim, assim mesmo, como na história de quando Fernando Collor acusou Lula, em 1989, de preparar um confisco que seria feito por ele próprio, o “caçador de marajás”.

Os desavisados ou os que deveriam fazer jornalismo, quando se inscrevem para obter informações sobre o suposto “plano”  recebem…um panfleto em favor de João Doria Junior!

Vejam que mimo:

Dória reúne características que estavam ausentes da política brasileira há um tempo. Ele possui grande carisma, elevada capacidade de articulação e mobilização para parcerias público-privadas que trazem soluções efetivas para problemas que até então se arrastavam gestão após gestão.

Já pensou como isso impactaria no seu patrimônio?

A eleição de João Doria representaria a escolha da população pela pauta das reformas, da privatização, da meritocracia, do crescimento empresarial e da modernização do mercado de capitais no Brasil.

Ao menos é essa a percepção imediata de sua gestão, que poderia engatilhar um efeito de bull market nos mercados (mercado em tendência de forte alta).

E, como sabemos, os mercados tentam antecipar os movimentos da economia.

No caso, somente a perspectiva de que Doria pode concorrer poderá levar essa expectativa aos preços dos ativos (ações, taxas de juros, câmbio).

Ou seja: é bastante provável que o efeito das eleições de 2018 sobre os mercados se dê antes de 2018.

E, para não deixar de lado o “terror”: “Por outro lado, a volta do ex-presidente Lula ao poder causaria um grande retrocesso à recuperação brasileira.

Há muito mais, nessa linha e, obvio, o objetivo aqui não é reproduzir a “brilhante análise”, que de técnica não tem nada, mas justamente denunciar  – se houver alguém em casa no Ministério Público Eleitoral – a propaganda, indecorosa porque travestida daquilo, eleitoral.

Talvez por receio de que isso se difunda, os rapazes da Empiricus se encarregam, ao final, de ameaça com “multa de até 3 mil vezes o valor do relatório, à apreensão das cópias ilegais, à responsabilidade reparatória civil e persecução criminal, nos termos dos artigos 102 e seguintes da Lei 9.610/98” quem fizer “a reprodução indevida, não autorizada, deste relatório ou de qualquer parte dele”.

São tão espertos que não perceberam que o “relatório”, sendo enviado grátis, geraria uma “multa de três mil vezes” igual a zero, como se aprende no primário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s