Uncategorized

OKAMOTTO É ABSOLVIDO, MAS RECORRE DE DECISÃO DE MORO

Mesmo absolvido da acusação de lavagem de dinheiro, o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, decidiu recorrer da decisão do juiz Sergio Moro; na sentença, o magistrado diz que absolveu Okamoto por falta de provas; o advogado Fernando Fernandes, que representa Okamoto, afirma que o certo seria Moro ter declarado pura e simplesmente que seu cliente é inocente

Brasil 247 – O presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, decidiu recorrer da decisão do juiz Sergio Moro, que o absolveu da acusação de lavagem de dinheiro por ter negociado com a OAS a manutenção do acervo do ex-presidente Lula.

Na sentença, Moro diz que absolveu Okamoto por falta de prova, já que o ex-presidente da empreiteira afirmou que os recursos usados não tinham origem em desvios de recursos da Petrobras nem eram pagamento de propina.

O advogado Fernando Fernandes, que representa Okamoto, afirma que o certo seria Moro ter declarado pura e simplesmente que seu cliente é inocente.

As informações são da coluna de Mônica Bergamo na Folha de S.Paulo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s