Livros

Um golpe americano – Na contramão do mundo (Por Fernando Rosa)

capa-vol2-400

Fernando Rosa
– Após o afastamento definitivo da presidenta Dilma Rousseff, o golpe de Estado avançou para a execução dos objetivos estratégicos de seus mandantes. Rapidamente, alteraram as regras da exploração do pré-sal, congelaram os investimentos públicos e partiram para acabar com programas sociais.

O plano era virar o ano de 2016 com o programa de destruição implementado e, em seguida, degolar seu executor, o golpista Michel Temer, ainda no primeiro semestre de 2017. No entanto, Temer e seus ministros mais próximos resistiram a armação patrocinada pelo Departamento de Estados dos EUA, com o apoio da Rede Globo.

Com isso, em troca de sua sobrevida, Temer aprofundou as medidas de ataque à soberania nacional, ameaçando o setor elétrico, as terras nacionais e a Amazônia. Na contramão do mundo, em que os países buscam afirmar seus interesses nacionais, no Brasil os golpistas apostam transformar a Nação em colônia servil aos interesses externos.

Link para baixar o livro

VOLUME 1
Um golpe americano – A última valsa dos traidores

Um pensamento sobre “Um golpe americano – Na contramão do mundo (Por Fernando Rosa)

  1. O Império, com sua cultura de guerras e outras violências, com o consumismo patológico convive com os déficits gêmeos: o déficit orçamentário e o déficit em conta corrente. Como não ser deficitário mantendo a gigantesca máquina de guerra com centenas de basses militares em vários países e com esse comsumismo doentio? Então fazem guerras, turbinam o complexo industrial-militar, apoiam golpes de Estados e candidatos corruptos, saqueiam os recursos de outros países e jogam bilhões de pessoas na miséria; por trás disso, o capital financeiro que se sobrepõe ao capital produtivo. Wall Street, a City londrina e o FED (que não é estatal, é privado, apesar do nome). Seus braços aramdos? o Pentágono e a OTAN. Mas o imperalismo, felizmente, tem sua prática mais do que nunca questionada. Talvez o próprio povo dos Estados Unidos forme uma massa crítica para dar um fim a essa prática pirata e desmonte esse Império do mal. Quanto aos golpistas e entreguistas daqui serão julgados como traidores nacionais. A consciência e a luta do povo brasileiro deve acelerar a queda dos golpistas que devem ser julgados em vida e não pela história daqui a décadas ou séculos. Não basta o “fora Temer”: é fora todos os golpistas e fâmulos do Império.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s