Educação

Investimento em Educação cai de R$ 11,3 bilhões no governo Dilma para R$ 4,2 com Bolsonaro por ano

Na Carta Campinas /

A destruição da educação no Brasil é total, após a queda de Dilma Rousseff. A constatação foi feita em um informativo técnico da Câmara dos Deputados. Segundo o documento, divulgado pelo site Uol, o investimento em educação no Brasil caiu deR$11,3 bilhões em 2014 no governo Dilma Rousseff para uma previsão da Lei Orçamentária de apenas R$ 4,2 bilhões este ano de 2019, com o governo Bolsonaro. Uma queda de 62% em cinco anos representa uma verdadeira guerra contra o desenvolvimento social e educacional da população.

O estudo identificou que caiu o valor gasto nos três níveis de ensino: básico, técnico e superior. O levantamento foi feito com base nos orçamentos efetivamente realizados entre 2014 e 2018 e corrigidos pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) e com a previsão de 2019.

A execução do orçamento nestes anos esteve a cargo dos presidentes Dilma Rousseff (PT), entre 2014 e 2016, e Michel Temer (MDB), entre 2016 e 2018. Agora em 2019 é responsabilidade do governo Bolsonaro.

Nesta semana, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, disse que cortará em 30% os recursos de todas as universidades federais do país. As universidades públicas federais são os principais centros de pesquisa científica do Brasil.

Mais informações podem ser vista aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s