Uncategorized

Construção civil foi o setor que mais demitiu trabalhadores em março na Região Metropolitana de Porto Alegre


Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos – ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos – IHU, acessou as bases de dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados – CAGED com o intuito de apresentar as movimentações do mercado de trabalho da Região Metropolitana de Porto Alegre do mês de março e do primeiro trimestre. O destaque vai para o setor da construção civil, que registrou uma movimentação de 797 postos de trabalho a menos. Confira abaixo o texto com as informações mais detalhadas:

Março de 2019

Região Metropolitana de Porto Alegre fechou o mês de março com mais pessoas demitidas do que contratadas. Em termos absolutos, foram 40.164 contrataçõescontra 40.545 demissões, resultando em um saldo negativo de 381 postos de trabalho. Em fevereiro, o quadro de contratação foi melhor se comparado com março, pois aquele mês registrou um saldo positivo de 5.425 trabalhadores.

Os municípios de Porto Alegre e Canoas recebem destaque pelos maiores saldos negativos do mês de março, sendo 1.459 e 282 pessoas, respectivamente. Por outro lado, São Leopoldo contratou 220 trabalhadores a mais em comparação aos demitidos, bem como Eldorado do Sul e Campo Bom, com 176 e 213 admissões a mais, respectivamente. 

Siga Lendo no IHU UNISINOS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s