Uncategorized

Tacla Durán insinua que fonte de Ali Kamel, da Globo, é Sérgio Moro

Comentário fez referência ao apelido do ex-juiz, encontrado no material divulgado pelo The Intercept Brasil.

Foto: Pedro França/Agência Senado

Na Revista Fórum

O diretor de jornalismo da TV Globo, Ali Kamel, divulgou uma carta interna aos seus subordinados parabenizando pelo trabalho feito sobre o caso do porteiro do condomínio na Barra da Tijuca, onde morava o presidente Jair Bolsonaro. A matéria, veiculada no Jornal Nacional da semana passada, mostrava que o nome do presidente da República estava vinculado nas investigações do assassinato da vereadora Marielle Franco.

Kamel diz que uma fonte da emissora teria falado sobre o caso. Esse elo entre o governo federal e a Rede Globo seria o ministro Sérgio Moro. A insinuação foi feita pelo ex-advogado da Odebrecht Rodrigo Tacla Durán. Desafeto de Moro na Lava Jato, Duran lembrou do apelido que o ex-juiz tem entre os procuradores da força-tarefa de Curitiba, mencionado no material divulgado pelo The Intercept, comentando um post no Twitter do jornalista Ricardo Noblat.

Moro foi apelidado de Russo pelos procuradores pela forma fria que interagia com o grupo no início das investigações da operação Lava Jato.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s