Agricultura/Rio Grande do Sul

Por que RS bate recorde de Produção de Soja, mas a gente paga cada vez mais caro pelo óleo de Soja?

“Agro é Tec, Agro é Pop, Agro é Tudo, Agro tá na Globo” é chavão que vem sendo martelado nas nossas cabeças há anos pela Globo.

Mas “Agro é tudo” para quem mesmo?

O tal “agronegócio” representa só 5% do PIB brasileiro. E representa tudo isto, por que ao invés de investir em processos de industrialização e processamento dos grãos produzidos, o governo incentiva a exportação de grãos “in natura”, dando incentivos aos grandes fazendeiros para que façam isto.

A tal “lei Kandir” é uma lei federal que isenta os grandes produtores rurais de pagarem impostos. No Rio Grande do Sul, o Agro Negócio representa muito na economia, por que os últimos governos deixaram de investir nas indústrias e elas estão indo embora. Mas representa pra economia…dos ricos donos das grandes plantações e pros banqueiros que os financiam. Não pro povo, por que uma das formas seria eles pagarem impostos para os governos poderem investir em saúde, educação, geração de emprego e renda, etc…Mas não.

O “Agro é Tec”? Sim. Há muita tecnologia nas plantadeiras, colheitadeiras e outros processos. E quanto mais avança a tecnologia, mais avança o desemprego. Por que os ricaços donos das grandes plantações ganham muito dinheiro vendendo a produção e com incentivos fiscais. E cada máquina nova com mais tecnologia que compram, significa menos trabalhadores contratados no campo.

Estes trabalhadores vão pra cidade atrás de emprego,. Mas na cidade não há emprego, por que as Indústrias, que deveriam ser incentivadas, por que geram empregos e agregam valor aos produtos primários como os grãos, estão indo embora do Rio Grande e do Brasil.

E com a pandemia isto só ficou mais evidente. Não há mais empregos, a nossa moeda, o Real, não vale mais nada no mundo e como vendemos nossos grãos, nosso petróleo e nossos minérios para os estrangeiros, eles os transformam em produtos e nos vendem de volta em…dólares.

O povo recebe me Reais. A conta não fecha.

O agro não é POP e o AGRO não é Tudo. Quando muito, é 5% do “tudo” do PIB.

Que o digam os 40 milhões de brasileiros que caíram para a faixa de pobreza extrema nestes anos de Governo pós golpe de 2016.

O que vai de comida pra mesa dos brasileiros, sejam ricos ou sejam pobres, 70% vem da AGRICULTURA FAMILIAR, que continua resistindo apesar do avanço do tal “Agro” que não é nada POP, de popular, povo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s