Dores que sentimos (Por Paulo Paim)
Uncategorized

Dores que sentimos (Por Paulo Paim)

O massacre de Paraisópolis é mais uma tragédia anunciada em nosso País. Matam todos os dias. Estupram, torturam, violentam a carne humana. Massacram, psicologicamente e moralmente, a sofrida gente brasileira.  Descartam da história e dos bancos escolares os atos de intolerância, de discriminação e de racismo. O País não pode ser negligente e aceitar como … Continuar lendo

Brasil/mídia/Uncategorized

HANNAH ARENDT E OS CADÁVERES NO ARMÁRIO DO JORNALISMO BRASILEIRO

Do Controvérsia Lúcio de Castro – Al­gumas poucas pes­soas, al­gumas poucas obras e al­guns poucos gestos podem ter a força de mudar o curso das coisas. Na eterna dis­cussão sobre a pre­va­lência dos pro­cessos his­tó­ricos sobre in­di­ví­duos, tendo a con­cordar com di­versos ar­gu­mentos de quem acre­dita nisso. Ex­ceto para al­guns, esses muito poucos que car­regam … Continuar lendo