Uncategorized

O cerco do tempo aos moleques de Brasília. Por Luís Costa Pinto

É tempo de assistir a turbas de deputados, qual moleques, fazendo apostas em bolões de votos. Eles vendem seus votos. Agora, brincam de rifar placares. Voto não é mercadoria nem tem preço, moleques. Voto é resultado de um ato solene. E tem consequências.

bolao

 

Sem uma linha de comentários, do jornalista Luiz Costa Pinto, em seu facebook e Reblogado do TIJOLAÇO

Houve um tempo em Brasília que se reverenciava a Constituição. Senhores da cidade, os parlamentares mereciam respeito por serem os únicos investidos do poder de mexer em seus dispositivos – para aperfeiçoá-la, para adaptá-la ao tempo que não pára. Não, o tempo não pára.

Houve um tempo, em Brasília, que ostentar o broche designativo do mandato parlamentar era uma honra – deferência dada a poucos, àqueles que haviam conquistado esse poder nas urnas combatendo o bom combate: a disputa do voto popular.

Houve um tempo, e ele se passou em Brasília, em que se conspirava à noite a favor da mãe de todas as teses populares: o voto, seu significado, seu peso. E quando raiava o dia deputados e senadores, servos respeitáveis da Constituição que haviam ajudado a escrever, assumindo suas imperfeições e orgulhando-se de seus avanços, eram capazes de virar leões nos plenários e nos corredores do Congresso a fim de velar pelo exercício do poder em nome do povo. Como deve ser.

Já não há mais tempo, em Brasília, para lançar um olhar nostálgico sobre o passado não tão remoto. A conspiração, que se faz à noite e de dia também, é para cassar do povo o poder do voto. É para golpear a Constituição brincando de impedir o prosseguimento de um mandato popular – imperfeito, eivado de erros, permeado de equívocos; mas egresso da vontade popular, saído das urnas com a legitimidade divina – urdindo teses mal costuradas para fazer reinar um grupo sem compromisso popular. Sem legitimidade. Sem voto.

Houve um Abril, em Brasília, em que o Brasil inteiro se uniu para gritar a favor da restauração do poder do voto, para enxotar a ditadura militar e devolver ao povo o direito de eleger presidente. Houve esse Abril, e o tempo que não parou não o deixou tão distante assim que aqueles gritos já não possam mais ser ouvidos.

Agora se vê parlamentar, deputados sobretudo, rasgando a Constituição e golpeando o ar com bonecos de borracha. Soprando apitos nos corredores do Parlamento, travestidos de bandeira brasileira e envergando faixas verdes-e-amarelas sobre os paletós mal cortados, inebriados por um sopro de poder que parece ter contaminado a todos. É o sopro do golpe do impeachment. É só um vento que sopra a partir das catacumbas de uma Brasília que já viu passar muitos outros ventos como esse. Mas a cidade sabe que o tempo é implacável com quem trai a urna para tentar pegar um atalho para a História.

Agora é tempo de ver parlamentar achando que pode tudo porque ergueu uma catedral de papel com os cacos de um governo que não conseguiu defender seu legado de avanços em meio a um bombardeio caótico de fatos e de versões disseminadas com o objetivo de miná-lo. É tempo de assistir a turbas de deputados, qual moleques, fazendo apostas em bolões de votos. Eles vendem seus votos. Agora, brincam de rifar placares. Voto não é mercadoria nem tem preço, moleques. Voto é resultado de um ato solene. E tem consequências.

O tempo não pára. E voltará o tempo em que deputado que organizar bolão de voto será cassado por quebra de decoro. Sim, há deputados e senadores que ainda zelam pelo decoro. Hoje, amanhã, domingo, parecem minoria. Daqui a um tempo talvez se tornem, de novo, maioria. O tempo, que não pára, corre em círculos. Em breve esses moleques que não respeitam nem mandatos, nem votos, cairão um a um no meio do círculo porque o cerco terá se fechado. Em breve, com o tempo, porque ele não vai parar.

4 pensamentos sobre “O cerco do tempo aos moleques de Brasília. Por Luís Costa Pinto

  1. Quantos homens sérios não se reelegeram para dá foz a um bando de moleques irresponsáveis travestidos de políticos, como faz falta políticos homens “H” no nosso congresso.
    Eu vejo com muita tristeza os rumos que estamos seguindo, por conta da irresponsabilidade de quantos têm alí.

    Curtir

  2. PUTZ! PUTZ! PUTZ!
    QUANDO A GENTE PENSA QUE JÁ VIU TUDO…
    COMO É POSSÍVEL MANTER ESTA LEGISLAÇÃO ELEITORAL E PRESERVAR AQUELA QUADRILHA ALI?

    NOSSAS POSSIBILIDADES DE VENCER SÃO PEQUENAS. JÁ OS VENCEMOS UMA VEZ EM 2014! QUEM SABE A GENTE OS VENÇA NOVAMENTE EM 2016.

    LUTAR SEMPRE.
    VENCER, TALVEZ.
    DESISTIR, JAMAIS.

    >> https://gustavohorta.wordpress.com/2016/04/14/enganar-e-45/
    >> https://gustavohorta.wordpress.com/2016/04/14/enganar-e-46/

    VOCÊ JÁ SE SENTIU ENGANADO? NÃÃÃOOO?
    VOCÊ SABE O QUE É ENGANAR? VOCÊ SABE O QUE É SER ENGANADO?

    ISTO SIM É ENGANAR!
    ISTO SIM É GOLPE.

    ISTO É GOLPE SIM!

    SÃO COXINHAS HIPÓCRITAS, SABOTADORES DA ECONOMIA DO PAÍS, TRAIDORES DA PÁTRIA.

    ABRAM SEUS OLHOS!
    AJUDEM A QUE OUTROS POSSAM ABRIR OS OLHOS!
    JÁ PASSOU DA HORA DE DESPERTAR!

    A C O R D E M !!
    CHAMEM OS VIZINHOS!
    É HORA DE ACORDAR!!

    “SE OS POBRES DESTE PAÍS SOUBESSEM O QUE ESTÃO PREPARANDO PARA ELES, NÃO HAVERIA RUAS QUE COUBESSEM TANTA GENTE PARA PROTESTAR CONTRA O IMPEACHMENT.” – Leonardo Boff
    OLHA SÓ, NÃO HAVERIA MAIS PAZ PARA OS ENDINHEIRADOS DESTE PAÍS!

    Curtir

  3. Republicou isso em Gustavo Hortae comentado:
    PUTZ! PUTZ! PUTZ!
    QUANDO A GENTE PENSA QUE JÁ VIU TUDO…QUEOPARIU!!!!!!
    COMO É POSSÍVEL MANTER ESTA LEGISLAÇÃO ELEITORAL E PRESERVAR AQUELA QUADRILHA ALI?

    NOSSAS POSSIBILIDADES DE VENCER SÃO PEQUENAS. JÁ OS VENCEMOS UMA VEZ EM 2014! QUEM SABE A GENTE OS VENÇA NOVAMENTE EM 2016.

    LUTAR SEMPRE.
    VENCER, TALVEZ.
    DESISTIR, JAMAIS.

    >> https://gustavohorta.wordpress.com/2016/04/14/enganar-e-45/
    >> https://gustavohorta.wordpress.com/2016/04/14/enganar-e-46/

    VOCÊ JÁ SE SENTIU ENGANADO? NÃÃÃOOO?
    VOCÊ SABE O QUE É ENGANAR? VOCÊ SABE O QUE É SER ENGANADO?

    ISTO SIM É ENGANAR!
    ISTO SIM É GOLPE.

    ISTO É GOLPE SIM!

    SÃO COXINHAS HIPÓCRITAS, SABOTADORES DA ECONOMIA DO PAÍS, TRAIDORES DA PÁTRIA.

    ABRAM SEUS OLHOS!
    AJUDEM A QUE OUTROS POSSAM ABRIR OS OLHOS!
    JÁ PASSOU DA HORA DE DESPERTAR!

    A C O R D E M !!
    CHAMEM OS VIZINHOS!
    É HORA DE ACORDAR!!

    “SE OS POBRES DESTE PAÍS SOUBESSEM O QUE ESTÃO PREPARANDO PARA ELES, NÃO HAVERIA RUAS QUE COUBESSEM TANTA GENTE PARA PROTESTAR CONTRA O IMPEACHMENT.” – Leonardo Boff
    OLHA SÓ, NÃO HAVERIA MAIS PAZ PARA OS ENDINHEIRADOS DESTE PAÍS!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s