Uncategorized

Paraná: Convocatória para o dia 29 de abril – OCUPAR AS RUAS DE CURITIBA

Massacre de Professores

Do Notícias Populares

Convocatória para um ano do covarde massacre ordenado por Richa. O dia 29 de abril de 2015 ficará marcado na história do Paraná. Na tarde daquela quarta-feira, a polícia militar atacou violentamente milhares de Servidores/as, estudantes, jornalistas e apoiadores/as mobilizados no Centro Cívico de Curitiba. A manifestação tinha como objetivo impedir o ataque do governo Richa (PSDB) aos direitos previdenciários do funcionalismo público estadual. Foram centenas de feridos/as na praça e milhares feridos moralmente.

Restou evidente que a ação planejada e executada pela direção do então secretário de segurança Pública o deputado federal Fernando Francischini (Solidariedade), com anuência do governador Beto Richa, do ex-chefe da casa civil Eduardo Sciarra e do presidente da Alep, deputado Ademar Traiano (PSDB), foi uma vingança como desforra da derrota do governo na greve da educação em fevereiro do mesmo ano.

Convocatória contra a agressão covarde

Exatamente dois meses após o 29 de abril, o Ministério Público Estadual denunciou o governador Beto Richa, Francischini e quatro coronéis da PM paranaense, o processo se mantém há dez meses parado na justiça. A impunidade continua sendo uma marca forte da justiça quando se refere aos poderosos, pois do povo comum as cadeias estão abarrotadas, muitos inclusive sem o processo adequado de acusações e defesas. Cobraremos as apurações de todas as responsabilidades sobre toda a violência ocorrida. A justiça militar por sua vez já avançou e inocentou o conjunto dos policiais, aliás, aproveitaram o relatório para enaltecer a ação, uma vergonha!

Assim sendo, o Fórum de Lutas 29 de Abril, que congrega o movimento sindical e movimentos populares estão convocando servidores/as, estudantes e a sociedade paranaense para um grande ato no dia 29 de abril, por ocasião da memória de um ano da tragédia ocorrida. A APP bem como a maioria dos sindicatos que representam os servidores/as estaduais aprovaram em assembleias das categorias um dia de paralisação para esta data.

O ato público com marcha na capital paranaense e atividades na Praça Nossa Senhora de Salette, marcará um DIA DE LUTO E DE LUTA, com uma pauta de denúncia e de anúncio: – Contra a violência e criminalização dos movimentos sociais;

– Em defesa do Estado Democrático de Direito;

– Contra a impunidade de autoridades responsáveis pelas diversas violências praticadas pelas forças de segurança do estado;

– Contra retirada de direitos dos trabalhadores/as;

– Pelos compromissos assumidos e não cumpridos pelo governo com a pauta dos

servidores/as.

É importante considerar que o governo Richa vem descumprindo direitos como pagamento de promoções e progressões de servidores/as, direitos de aposentados e contratados/as temporários/as (PSS), além de deixar as escolas, hospitais, delegacias e universidades cada vez mais precarizadas por ausência de investimentos. Enquanto isto, a sociedade acompanha esperando que haja justiça nos desdobramentos da Operação Quadro Negro que já identificou desvio de dinheiro público na corrupção instalada na Secretaria de Educação e realizadas por pessoas do convívio do governador do estado.

A CNTE – Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação e a Frente Brasil Popular aprovaram um ato nacional em Curitiba no mesmo evento. Reforçando a luta por mais democracia no Brasil e contra qualquer movimento de retirada de direitos da classe

trabalhadora brasileira, seja por iniciativa do governo federal ou de qualquer governante de estados ou municípios brasileiros.

Também faremos um ato em defesa da Escola Pública, pois de 25 de abril a 01 de maio estaremos organizando nacionalmente a SEMANA NACIONAL EM DEFESA DA ESCOLA PÚBLICA.

A convocatória para o dia de luto e de luta se concluirá com apresentações culturais e uma apresentação da Banda Detonautas, do músico Tico Santa Cruz, liderança pública que apoiou desde o início a luta dos Educadores e Educadoras paranaenses e brasileiros/as além de ter participado das ocupações das escolas paulistas pelos estudantes contra o fechamento de escolas do Estado de São Paulo.

Lutar sempre, pois avanços e mais direitos para todos e todas só com muita mobilização.

2 pensamentos sobre “Paraná: Convocatória para o dia 29 de abril – OCUPAR AS RUAS DE CURITIBA

  1. Pingback: Paraná: Convocatória para o dia 29 de abril – OCUPAR AS RUAS DE CURITIBA | BRASIL S.A

  2. Pingback: Paraná: Convocatória para o dia 29 de abril – OCUPAR AS RUAS DE CURITIBA | Luizmuller’s Blog | CLIPPING DE NOTÍCIAS DA SENAPRO-PCO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s