Uncategorized

Em Ijuí, alunos dão lição de cidadania e democracia nos seus Professores

Os Professores do Rio Grande do Sul recebem salários baixos e parcelados. Sartori é contra o Piso Salarial Nacional, que o golpista Temer aliás, quer cortar. Além disto Sartori também quer implementar a privatização de Escolas Públicas, nos mesmos moldes de Goiás e outros Estados. Os Professores Estaduais decidiram decretar Greve contra estes desmandos. Mas os Professores de uma Escola de Ijuí decidiram “fura”  a Greve que é pelos seus próprios interesses e também da Educação, já que Sartori quer privatizar parte dela. Mas, afinados com a combativa Juventude que tem sido a ponta de lança da Defesa da Democracia no Brasil, contra o golpe, os Jovens Estudantes da Escola resolveram parar, para defender os interesses da Educação e dos próprios Professores “fura greve”. Lição de cidadania. Parabéns ao Jovens desta Escola e de todas que tem sido ocupadas pelo Rio Grande Afora em Defesa da Educação. #VergonhaAlheia destes “professores” deveria servir para acordar os demais para sua verdadeira responsabilidade que é a de lutar para uma educação cada vez melhor para o Brasil. Fico triste em saber que professores se disponham a trabalhar recebendo salários parcelados e mesmo assim ainda tenham medo de um improvável corte de ponto. Imagina que tipo de exemplo um professor destes dá aos alunos: Devemos viver como escravos??? Ainda bem que os alunos não aceitam este tipo de lição de submissão.  (Comentário do Blogueiro)

Vai matéria do IJUI NEWS 

Maioria dos professores do 25 de Julho decide não apoiar greve, mas alunos param

 Professores temendo corte no ponto optaram por seguir trabalhando. Porém, os alunos decidiram não assistir aulas em apoio aos funcionários públicos do Estado.

 Alunos 25 de Julho reunidos na manhã desta segunda-feira. Foto: Aluno do 25 / Leitor Ijuí News

Alunos 25 de Julho reunidos na manhã desta segunda-feira. Foto: Aluno do 25 / Leitor Ijuí News

Em reunião na Escola Técnica Estadual 25 de Julho de Ijuí, na manhã desta segunda-feira (16/5), a maioria dos professores decidiu pelo não apoio à greve do magistério estadual.

A justificativa seria o temor pelo desconto nos salários, com o corte do ponto dos grevistas anunciado pelo governo do Estado.

Porém, a maioria dos estudantes da Escola se manifestou a favor dos professores e tomou a decisão de não comparecer às salas de aulas.

Integrantes do Grêmio Estudantil se reuniram com a direção do 25 de Julho para informar da decisão. Na próxima quarta-feira, os alunos se reunirão na Praça da República, em ato público.

O Grêmio Estudantil informou ainda que a manifestação dos alunos, além do apoio aos professores, visa sensibilizar as autoridades quanto à privatização das escolas, o atraso de verbas para a merenda escolar e os salários parcelados dos funcionários, entre outros itens.

Um pensamento sobre “Em Ijuí, alunos dão lição de cidadania e democracia nos seus Professores

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s