Uncategorized

Previsível, Lava Jato mira PT após delações e provas contra PSDB e PMDB

Moro

Do Falando Verdades

A Lava Jato segue um roteiro tão previsível, que nem precisa-se de “vazamentos” para saber o que os mesmos farão, após delações de Sérgio Machado contra Michel Temer, após áudios que complicaram a cúpula do PMDB que falava em enterrar investigações da Lava Jato e outras que atingiriam seus membros, vídeo que mostrava ex-presidente do PSDB negociando a enterra da CPI da Petrobrás em 2009, delações e mais delações que atingem Aécio Neves, pedidos de prisão de Jucá, Renan Calheiros, Sarney, o que levou um desgaste nos apoiadores do Impeachment, eis que o ex-advogado do PCC e atual Ministro da Justiça de Temer encontra Sérgio Moro em Curitiba e 48 horas depois o que ocorre? Ações midiáticas e policialescas, prisões espetáculos contra o PT, claro.

ex-advogado-pcc

 

Jornais como Estadão, o jornalista Kennedy Alencar do SBT, mostram o evidente que com essa operação, quem sai fortalecido é Temer e quem sai enfraquecida é Dilma, na batalha do Impeachment, que se dará no início de agosto, o mais interessante que ela se deu, após o encontro do ex-advogado do PCC com Moro e sua “república de Curitiba”, existem “acidentes” no percurso da Lava Jato em que miram no PT e empreiteiros acabam, delatando gente como José Serra, Aécio, Temer e outros, no entanto essas delações não se transformam em investigações, muito menos se transformam em prisões, muito menos ainda em prisões espetaculares com transmissões ao vivo da Globo, homens fortemente armados e “apoio” dos batedores profissionais de panela e seus movimentos financiados.

O interessante que o desfecho quase certo da Lava Jato serão operações ás vésperas do Impeachment e sua votação final com alvos quase certos como Dilma, Lula ou algum dos senadores do PT, que denotará a extrema parcialidade, seletividade e partidarismo da Operação que tem em seu centro de comando notáveis antipetistas, como os delegados que atacavam Dilma nas eleições e exaltavam Aécio, lembrando que a Operação Lava Jato terá fim em dezembro como disse Moro e só petistas foram presos, conduzidos coercitivamente, humilhados e escrachados publicamente com prisões espetaculares, o que confirma a teoria que era uma operação germinada com o intuito de tirar o PT do poder, o que não foi possível pelas urnas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s