Uncategorized

Quando um golpe expõe outro golpe

SENHOR X

Fernando Rosa

No recente golpe frustrado na Turquia, juízes e procuradores foram destituídos de seus cargos e a maioria deles preso por “conspiração”. Segundo o governo, eles estariam envolvidos com o clérigo Fethullah Gulen, auto-exilado nos Estados Unidos e apontado como o promotor do golpe.

De acordo com o presidente da Turquia, o clérigo golpista, que vive nos Estados Unidos, está tentando criar uma “estrutura paralela” no judiciário e no exército para derrubar o Estado. As autoridades da Turquia ordenaram a prisão de 2.745 juízes e promotores, após a tentativa de golpe militar.

Este fato, que a mídia brasileira está tratando com a mais absoluta naturalidade, deveria despertar, pelo menos, a curiosidade sobre o assunto. Em nossa região, já sofremos dois golpes “judiciais-parlamentares”, com apoio da mídia – em Honduras e no Paraguai, e um terceiro está em curso no Brasil.

Em recente artigo, o blog O Cafezinho defendeu que “a relação…

Ver o post original 301 mais palavras

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s