Lava Jato/Uncategorized

Adir Assad quer delatar o que sabe sobre desvio em obras de R$ 1,3 bi do PSDB em SP. Mas Moro não quer ouvir

adir-assad-840x577

(Titulo da matéria atualizado as 13 h 05/03/17). Adir Assad, o Delator preso ,doleiro e operador financeiro dos esquemas de corrupção, é quem quer fazer a delação premiada. O ex-chefe do DERSA seria um dos beneficiados.

Do Blog do Mello

O operador financeiro Adir Assad está preso desde agosto do ano passado e Moro o condenou a mais de 9 anos de cadeia. Ele quer fazer o que todos os demais condenados por Moro fazem, delatar, abrir o bico. Só que o que ele tem a dizer é contra os tucanos de São Paulo, onde ele afirma ter lavado R$ 1,3 bilhão para o esquema, quando era chefe do Dersa. Só que aí atinge em cheio o PSDB e governadores Serra, Alckmin, e a Força Tarefa de Moro se vê diante de sua kriptonita, e enfraquece…

O operador financeiro Adir Assad propôs um acordo de delação premiada à Lava Jato no qual afirma ter repassado cerca de R$ 100 milhões para Paulo Vieira de Souza, ex-diretor da Desenvolvimento Rodoviário S/A (Dersa), entre 2007 e 2010, na gestão José Serra (PSDB) no governo de São Paulo.
(…) Na tratativa com a força-tarefa na capital paranaense, Assad admitiu ter usado suas empresas de fachada para lavar recursos de empreiteiras em obras viárias na capital e região metropolitana de São Paulo, entre elas a Nova Marginal Tietê, o Rodoanel e o Complexo Jacu-Pêssego. [Fonte: Estadão, onde você pode conferir um infográfico com toda a movimentação de verbas desviadas pelo PSDB de obras em São Paulo]

Assad quer delatar tudo: como funcionava esquema do caixa 2 das empresas, a lavanderia que montou com suas empresas, até sobre um apartamento dividido com Paulo Preto (operador de Serra e do PSDB) onde se armazenava dinheiro (muito) vivo.

Mas, “como a força-tarefa já detém uma série de informações sobre suas operações, Assad está atrás na corrida das negociações e enfrenta a resistência do Ministério Público Federal“. Em outras palavras:

– Denúncia contra tucanos? Não vêm ao caso…

7 pensamentos sobre “Adir Assad quer delatar o que sabe sobre desvio em obras de R$ 1,3 bi do PSDB em SP. Mas Moro não quer ouvir

  1. Pingback: Ex-chefe do Dersa quer delatar o que sabe sobre desvio de R$ 1,3 bi do PSDB em SP. Mas Moro não quer ouvir | Luíz Müller Blog | BRASIL S.A

  2. Pingback: Adir Assad quer delatar o que sabe sobre desvio em obras de R$ 1,3 bi do PSDB em SP. Mas Moro não quer ouvir | ALÔ BRASIL

    • Simplesmente porque a intenção é de aproveitar o benefício da delação, nesta investigação, onde já se encontra preso.
      Mas acredito que o MP de São Paulo, diante todas as evidências, teria por obrigação em abrir uma força tarefa, no sentido de investigar, até chegar a uma conclusão, do quanto há de verdade nesta tentativa de delação, denunciando os políticos mais influentes do Estado de São Paulo.

  3. O povo brasileiro já acordou e viu que essa lava jato !!Assim como esse juizinho de merda são tucanos natos e partidária , é um show para tirar o PT das eleições porém acredito eu que esse partido maldito de traidores da pátria nunca ganharam pra mais nada , muita gente que era a favor da lava jato já viu que Sérgio Moro não faz a aplicação da justiça ele tem lado , posição e enxerga muito bem quem é seu alvo , esse juiz tinha que estar é preso se o Brasil fosse um país sério

  4. É muito estranho e sumamente comprometedor! A legislação processual oferece muitos atalhos e o MP saberá como descartar desse bode que fede na sala!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s