energia/Tecnologia

ENERGIAS RENOVÁVEIS: ZÉ NUNES É CONVIDADO DE SEMINÁRIO DA FAO EM CURITIBA

 

Governo RSO deputado Zé Nunes participa, nesta quinta-feira (16), em Curitiba, do Seminário de Energias Renováveis na área rural da Região Sul do Brasil. O evento é uma realização conjunta da Unidade de Coordenação de Projeto da Região Sul do Brasil da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), da Itaipu Binacional, da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento do Paraná e do Centro Internacional de Energias Renováveis-Biogás (CIBiogás).

O Seminário visa identificar e discutir as possibilidades de uso das energias renováveis na agricultura com instituições que desenvolvem ações diretamente vinculadas ao tema ou que, por suas funções e responsabilidades, representam em diversos segmentos os agricultores dos estados do Sul. Zé Nunes vai compor a mesa de encaminhamentos do Seminário e apresentar os avanços institucionais dos últimos 15 anos nas energias renováveis e na micro e minigeração distribuída no RS e no Brasil.

O convite se deu em função do envolvimento do deputado com o tema. Ele propôs e coordenou a Frente em Defesa da Micro e Minigeração de Energia Renovável, lançada em 2015 para discutir a produção da energia elétrica gerada localmente, descentralizada e renovável; a diversificação da matriz energética com a ampliação da participação das fontes renováveis; a geração de energia através da utilização de resíduos orgânicos e as linhas de crédito para estas finalidades.

Também é autor do projeto de lei 271/2015, que institui a política estadual de incentivo à micro e minigeração distribuída de energia elétrica, a partir de fonte solar fotovoltaica, eólica, biomassa e hidráulica do Rio Grande do Sul.  O objetivo, segundo o parlamentar, é dispor de uma geração de energia local e sustentável, incentivar e consolidar uma rede de geração e distribuição de energia renovável, promovendo a segurança energética concomitantemente à sustentabilidade ambiental. Este ano, apresentou emenda à Lei Orçamentária Anual do governo estadual que prevê a ampliação e o apoio à implantação de fontes alternativas de energias e projetos de melhoria da infraestrutura energética, aumentando o valor de R$ 1,1 milhão para R$ 2 milhões.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s