Uncategorized

É mais difícil aceitar que tenha sido a Síria a usar armas químicas contra sírios do que fazer passar Trump pelo buraco de uma agulha

Abril de Novo Magazine

O governo sírio foi o único prejudicado, em termos de imagem, em todo o mundo, por um alegado ataque seu com armas químicas em Khan Sheikhun, província de Idlib. “Procurar o criminoso entre aqueles a quem aproveita o crime” é uma regra básica da investigação criminal. Se tais coisas levam o seu tempo a ser feitas e são motivo de reflexão, é mais difícil acreditar que a iniciativa coubesse à Síria do que “enfiar um camelo (ou Trump) no buraco de uma agulha”. Mas há os que continuam a querer que todos passemos por parolos…É o caso do Human Rights Watch, que lançou esta idéia (trabalham em Londres, bem longe destas refregas).

O momento do ataque dos EUA e da invocada utilização pela Síria de armas químicas é tanto mais suspeito do ataque, quando ocorreram poucos dias antes de uma grande conferência sobre a Síria, em Bruxelas.

A “Conferência de…

Ver o post original 886 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s