Rio Grande do Sul/Sindical

Entidades Sindicais lançam Abaixo Assinado por CPI das Isenções Fiscais no RS (Vídeo ao vivo)

CPI dos Incentivos Fiscais

Deputado Tortelli recebe representantes de entidades promotoras do Abaixo Assinado

Um movimento de dezenas de Entidades representativas de Trabalhadores e Servidores Públicos do RS vão lançar na próxima semana Abaixo Assinado Público em defesa de uma CPI dos Incentivos Fiscais. Em apenas um ano, dito de crise pelo governo do Estado, este mesmo governo Sartori deu mais de R$ 9 bilhões em incentivos fiscais, a maior parte para empresas que poucos ou nenhum emprego geraram. As Entidades questionam incentivos, como os dados por exemplo a empresa INNOVA, que recebeu mais de 300 milhões de reais e gerou apenas 5 empregos no período, como já foi denunciado aqui no Blog.

 

Em função disto, as Entidades representativas se reuniram e construíram um documento conjunto, cujo conteúdo transformam agora em um Abaixo Assinado popular, para o qual tem a meta de captar 1 milhão de assinaturas de gaúchos e gauchas. Foi isto qu foi comunicado ao Deputado Altemir Tortelli (PT) um dos interlocutores das entidades na Assembléia Legislativa. No vídeo, transmitido ao vivo, foram expostos dados importantes com relação ao FUNDOPEM. É simbólica a diferença de tratamento do Governo Tarso Genro, que apostou no desenvolvimento regional e na geração de emprego e renda, e o Governo Sartori, que parece não apostar nem no desenvolvimento e muito menos na geração de trabalho e renda. Enquanto no Governo Tarso Genro o Investimento através do FUNDOPEM cada emprego gerado teve um custo de pouco mais de R$ 54.000,00 em média, é possível dizer, que a média gasta por Sartori ultrapassou R$ 1.000.000,00 por emprego gerado. A diferença é explicada no vídeo. Tarso espraiou os incentivos para empresas que de fato geraram empregos. Já Sartori parece ter “dado incentivo a quem chegava e pedia”, sem analisar se de fato geraria empregos. Segue o vídeo, no qual lideranças e Deputados se manifestam em entrevista exclusiva a este blogueiro, transmitida ao vivo da AL-RS. As falas são curtas e elucidativas sobre o tema. De quebra ainda pudemos ouvir o Presidente dos Mineiros do RS mostrar as perdas que o Rio Grande do Sul teria, se vendesse a CRM – Companhia Riograndense de Mineração.

Para o Presidente da AFOCEFE, um dos entrevistados, a CPI possibilita que se faça uma discussão sobre o que e para quem o Estado deve fazer. As entidades preparam uma Cartilha que explicará didaticamente a população, de que forma o Estado tem agido com relação aos Incentivos Fiscais, e por que, se melhor aplicados, estes recursos poderiam ajudar a diminuir o déficit do Estado e ainda assim gerar mais emprego e renda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s