Uncategorized

PARTIDO “PHODEMOS”, DO ÁLVARO DIAS, TEM A CARA DO PRN DE COLLOR E DA GLOBO

Alvaro Dias

Quando Governador do Paraná, Álvaro Dias também mandou bater em professores. Depois foi homenageado pelo PSDB, partido ao qual andou filiado entre 2003 e 2016. Fica óbvio que Álvaro pressentiu que o PSDB iria virar “pó” nas mãos de Aécio.

Ninguém sabia o que era o PRN. De repente, do nada, surgiu nas telas de TV do Brasil inteiro e virou capa de revistas e jornais. E das Alagoas a Globo trouxe o “Caçador de Marajás”. Foi a solução das famílias midiáticas comandadas pelos Marinho para impedir a certa vitória das esquerdas no pleito que se aproximava, através de Lula do PT, ou de Brizola do PDT. Pois de uns tempos para cá, vira e mexe, a Globo trazia para a telinha o tal de Álvaro Dias. E já criam um novo partido para que ele possa concorrer, “livre dos partidos tradicionais”. Igualzinho aos tempos de Collor. E a gente sabe no que deu. Assim como sabe no que deu o Golpe que deram na Dilma e no PT. A partir de um tal PTN, um partido de aluguel, criaram agora o “PODEMOS”, que já começa a receber parlamentares oportunistas e golpistas como Romário e outros muitos tramposos que tiveram uma rápida passagem pelo PSD, o travestido partido de Kassab. Veja abaixo quem é Alvaro Dias, que compromisso com a democracia não tem nenhum. Pelo número de partidos que já transitou (nove na sua carreira política) dá pra ver que o seu compromisso maior é…com ele mesmo.

A corruptela “Phodemos” é para caracterizar o “PODEMOS” tupiniquim, que abriga oportunistas, golpistas e políticos da pior espécie.  Leia o artigo do Blog Do Esmael, um blogueiro paranaense que conhece muito bem o paranaense Alvaro Dias.

Alvaro Dias ingressa no 9º partido em sua carreira política

O senador Alvaro Dias ingressou neste sábado (1º) em seu nono partido, o PODEMOS, em 50 anos de carreira política.

Em nome do sonho de chegar à Presidência da República, Alvaro deixou hoje o PV para ser a principal estrela na convenção de fundação do novo Podemos — originado do PTN (Partido Trabalhista Nacional).

Alvaro Dias iniciou a carreira política no MDB em 1968, quando foi vereador e líder do partido na Câmara de Londrina (Norte do Paraná). Depois disso, na década de 70 foi deputado estadual e, no começo dos anos 80, governador pelo PMDB. Na sequência, teve passagens pelo PST, PP, PSDB, PDT, retornou ao PSDB, PV e agora PODEMOS.

A título de comparação, o governador do Paraná Beto Richa trocou de partido quatro vezes. Primeiro, no PSDB (1992-1994); depois no PTB (1994-2000); em seguida no PFL (2000-2002); e retornou ao PSDB (2002).

Abaixo, veja a lista das nove agremiações que compõem o troca-troca partidário de Alvaro Dias:

MDB (1968-1979)
PMDB (1979-1989)
PST (1989-1993)
PP (1993-1994)
PSDB (1994-2001)
PDT (2001-2003)
PSDB (2003-2016)
PV (2016-2017)
PODEMOS (2017)

 

Um pensamento sobre “PARTIDO “PHODEMOS”, DO ÁLVARO DIAS, TEM A CARA DO PRN DE COLLOR E DA GLOBO

  1. Pingback: PARTIDO “PHODEMOS”, DO ÁLVARO DIAS, TEM A CARA DO PRN DE COLLOR E DA GLOBO | Luíz Müller Blog | BRASIL S.A

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s