corrupção

Vergonha repetida: MP não quer saber de delações contra tucanos, mesmo com provas cabais

Tem que desenhar? Delações contra Lula e o PT, mesmo sem conter prova nenhuma, são aceitas e amplamente divulgadas pela mídia. Já a denúncia contra tucanos de alta plumagem não são aceitos, e claro, não terão divulgação pela grande mídia, por que afinal, os alvos dos delatores neste caso não tem como delatar Lula de jeito nenhum, por que envolvem denúncias do tucanato, que governa São Paulo há mais de 20 anos. E o MP e o Judiciário vão perdendo cada vez mais a credibilidade, assim como as outras instituições. Chocam os ovos da serpente do fascismo, que é o que advém quando as instituições já não funcionam mais.

Capítulo tucano da delação da Odebrecht não vem ao caso, diz MP-SP

psdb

 

Os mui ciosos membros do Ministério Público de São Paulo que investigam corrupção, segundo a Folha, ” decidiram que não vão assinar um acordo com a Odebrecht para receber provas de que houve pagamento de propina em obras do Metrô, CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), Dersa e DER (Departamento de Estradas de Rodagem).”

O motivo? Detalhes formais, que poderiam ser facilmente supridos: “a ausência de concordância da CGU (Controladoria Geral da União) e da AGU (Advocacia Geral da União) com os termos acertados, como está previsto na legislação brasileira”.

Ué, mas a AGU e a CGU não concordaram com o acordo de leniência celebrado com o Governo Federal? Ao menos não primeiro momento, a reportagem não explica as razões desta recusa. As delações são incompletas, não há a compensação devida aos cofres públicos do dinheiro desviado? Não se sabe.

O que se sabe é que as denúncias atingem a fina flor do tucanato e adjacências:

O resultado prático do impasse com os promotores de São Paulo é que as investigações sobre autoridades dos governos de Geraldo Alckmin e José Serra, ambos do PSDB, e da gestão de Gilberto Kassab na Prefeitura de São Paulo devem atrasar ainda mais. Há risco de prescrição em algumas ações. 

Quando se trata de tucanos, exige-se dos processos a precisão e o acabamento de relojoaria suíça. Quando é contra Lula, bastam convicções e indícios.

O Ministério Público paulista, cada vez mais, parece-se a um diretório do PSDB.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s