Educação/Mulheres/Uncategorized

Avanço do movimento ‘escola sem partido’ coincide com aumento de assassinatos de mulheres

A onda conservadora do Brasil, desencadeada com o golpe parlamentar de 2016, está coincidindo com o aumento do feminicídio, que é o assassinato de mulheres relacionado com a violência doméstica ou por ser uma questão de gênero sexual.

O movimento denominado ‘escola sem partido’, um dos principais movimentos dessa onda autoritária e machista, ganhou nos últimos anos adeptos que tentam impor censura aos professores e impedir qualquer discussão relacionadas a gênero sexual.

O avanço do movimento coincide com o aumento do número de assassinatos de mulheres. Em várias cidades do Brasil, políticos e políticos-religiosos fundamentalistas tentam se aproveitar da onda para impedir a discussão de gênero sexual nas escolas, a única maneira efetiva de se combater o feminicídio, já que o aumento de penas para o crime não surtiu efeito.

Desde o início deste ano, por exemplo, 24 mulheres já foram assassinadas somente em Campinas, mesmo com legislação tendo se tornado mais dura nos últimos anos. Desde março de 2015, com a Lei 13.104, o feminicídio passou a ser definido como homicídio qualificado, com pena chegando a 30 anos em regime fechado. Além de outras legislações aprovadas nos últimos anos como a Lei Maria da Penha.

Os dados mostram mais uma vez que o aumento de penas não gera qualquer efeito na redução da criminalidade. A polícia já constata esse aumento, apesar das estatísticas no estado de São Paulo serem de difícil acesso e divulgadas com parâmetros para beneficiar o governo Alckmin (PSDB).

Este ano, no estado de São Paulo,  há um feminicídio a cada quatro dias, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública de Campinas, mas que foram conseguidos com a lei de acesso a informação. O Brasil já é o 5º país com maior número de assassinatos de mulheres.

Veja mais:

‘Escola sem Partido’ é a escola que compactua com a violência sexual

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: