Uncategorized

STF autoriza Temer a vender a Eletrobras e se torna cúmplice de crime lesa pátria

Junto com a Eletrobras vão as suas subsidiárias – como Furnas, Chesf, Eletronorte, Eletrosul e CGTEE. O judiciário garante a continuidade do golpe contra o Brasil e os Brasileiros.

O Brasil afunda. Não sobrará nada. A Petrobras destruída, estraçalhada e vendida aos pedaços junto com nosso petróleo, a maior empresa de Energia do Mundo entregue no altar dos sacrifícios ao deus mercado para que este pague as propinas devidas ao corruptos que se apossaram do poder e dar emprego de gerentes de capitanias hereditárias aos filhos da estúpida elite tupiniquim. Só a construção da Greve Geral por tempo indeterminado, instrumento político soberano da Classe Trabalhadora, poderá deter a onda entreguista e colonialista que nos assola. Não é tarefa para só para os meses que antecedem as eleições. As instituições estão a serviço de interesses poderosos internacionais. Segue artigo da Revista Fórum, dando conta da retomada da entrega do Sistema Eletrobras aos interesses do mercado financeiro internacional:

Temer e Alexandre Morais, “Ministro” do STF

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, acatou um pedido do governo – do qual ele fez parte – e derrubou nesta sexta-feira (2) uma decisão da Justiça Federal de Pernambuco que a privatização da Eletrobras.

A decisão do ministro atende um pedido da Câmara, apresentado ao STF no último dia 15 de janeiro. A Advocacia Geral da União, que representa o governo na Justiça, fez o mesmo pedido.

Com isso, o governo poderá continuar fazendo os estudos necessários para vender a estatal à iniciativa privada.

No dia 11 de janeiro, o juiz da 6ª Vara Federal de Pernambuco, Cláudio Kitner, suspendeu parte de uma medida provisória de dezembro do governo que inclui a Eletrobras e suas subsidiárias – como Furnas, Chesf, Eletronorte, Eletrosul e CGTEE – dentro do programa de desestatização.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s