Brasil

Agora tudo é culpa dos caminhoneiros (Por Roberto Malvezzi)

extrema-pobreza-aumenta-no-brasil-e-provoca-retrocesso-de-10-anos

Depois de extinta nos Governos Lula e Dilma, Extrema Pobreza aumenta rápida e assustadoramente em dois anos de golpe

No instituto Padre Josímo

A velha mídia brasileira já achou um bode expiatório para justificar todas as desgraças que se abatem a cada dia sobre o povo brasileiro: os caminhoneiros.

A mortalidade infantil que só diminuía desde 1990, agora voltou a aumentar e a culpa é dos caminhoneiros.

O desemprego com Lula era 4%, com Dilma 7%, com Temer 13%, mas a culpa é dos caminhoneiros.

A inflação voltou a crescer e a culpa é dos caminhoneiros.

A economia despencando pelas tabelas (2.9% no ano) e a culpa é a greve dos caminhoneiros, inclusive segundo o Banco Central. Calculado em cima do PIB de 6 trilhões, esses 2,9% representam uma queda de 180 bilhões do PIB. Segundo o economista Ladislau Dowbor, há ainda 570 bilhões de evasão fiscal, 100 bilhões em fraudes com notas fiscais, e o Brasil ainda paga uma montanha de dinheiro de juros aos especuladores. E arremata: “e para muitos os problemas do Brasil se resumem no Tríplex atribuído ao Lula”.

Bom, só falta dizer que a seca, as enchentes, as tempestades de Júpiter, tudo agora é culpa dos caminhoneiros.

Antes a culpa era do Lula, da Dilma e do PT. Mas agora a culpa é dos caminhoneiros.

Por que o corte na educação e na saúde não são os responsáveis pela volta da fome, da miséria e da mortalidade infantil?

Por que o aumento do desemprego não é culpa da retirada do Estado da economia, das mudanças na legislação trabalhista?

Por que o desemprego não é culpa do Moro e da Lava-Jato, que quebraram as grandes empresas de construção civil, de produção e exportação de carne, a troco de umas migalhas recuperadas da corrupção?

Isso mesmo, a Lava-Jato teria recuperado cerca de cerca de 11,5 bilhões de reais da corrupção, não só da Petrobrás. Oras, além dos já citados, a renúncia fiscal da entrega do Pré-sal representa para os brasileiros uma perda de mais de 1 trilhão num horizonte de 20 anos. Então, valeu a pena quebrar a Odebrecht, a OAS, a Petrobrás, o médio e pequeno comércios? As empreiteiras encolheram 55 bilhões após a Lava Jato (F.S.P 16/07/2018). Melhor dizendo, para quem valeu esse golpe? Quem se apossou da Petrobrás, Eletrobras e Embraer?

Por que a culpa não é do José Serra, do FHC, do Pedro Parente e do Aloysio Nunes, que propuseram esse modelo para Petrobrás em favor das petroleiras internacionais?

Por que a culpa não é dos 360 deputados e 60 senadores que deram o golpe?

Por que a culpa não é do judiciário que vive apenas para perseguir Lula, contra o qual não acharam uma prova, mas engole todos os demais corruptos e entreguistas da sociedade brasileira?

Por que a culpa não é do empresariado nacional, da velha mídia, que bancaram e ainda bancam esse golpe? Estão querendo tirar o corpo fora? Não vão conseguir. Postaremos diante de vocês todos os dias um espelho, não porque esperamos de vocês qualquer gesto de pudor ou vergonha, mas para que contemplem os cadáveres políticos que vocês se tornaram.

Definitivamente, não são os pobres caminhoneiros os lacaios e traidores desse país.

 

*Roberto Malvezzi é graduado em Estudos Sociais, Filosofia e Teologia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s