Eleições

Zero Hora: Padilha e correligionários de Sartori (MDB) são mapeados por propina pela Polícia Federal

Se fosse o PT, a manchete e o conteúdo da matéria na Gaúcha/ZH. Seria diferente. Mas como é o Sartori (apoiado pela RBS), escondem as relações de Padilha com o sujeito que fala na maior cara de pau que quer entregar o patrimônio dos gaúchos em troca de uma dívida impagável.

Padilha Sartori

 

A corrupção campeia solta nos campos do Rio Grande enquanto cresce o desemprego e o tal PIB se escapa pelos dedos do eleitorado, que enganado pela grande mídia guasca, continua achando que o que importa é pagar dívida a banqueiros bilhardários, mesmo que isto deixe na miséria milhões de gaúchos e gaúchas, incluindo eles mesmos. Triste. Mas ainda tem tempo de mudar. Vamos ver. Quando escrevo este artigo fico sabendo que 31% dos gaúchos estão dispostos a dar seu voto num projeto pior ainda, da barbárie fascista. Logo no RS, onde temos descendentes  de Italianos e Alemães, cujos países de origem conheceram o fascismo e o nazismo “na veia” e hoje os tem na ilegalidade justamente pelo perigo que representa para a humanidade e para os direitos individuais. “Sirvam nossas façanhas de modelo a toda terra” cantam os guascas enfiados em suas bombachas e desfraldam bandeiras com dizeres como “Brasil acima de tudo”, imitando o “deutchland über Alles”(Alemanha acima de tudo) de Adolf Hitler. O casamento da mídia golpista vendilhã com o conservadorismo guasca esta parindo por estas bandas um remake do nazifascismo acrescido de muita burrice e sandice.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s