Rio Grande do Sul/Uncategorized

Enchentes no RS: Bolsonaro volta atrás e não libera recurso prometido pra 20 municípios gaúchos em calamidade

Anunciar algo grande3 e voltar atrás depois faz parte do show de Bolsonaro. O povo acha que ele queria mas algum assessor não quis. Após prometer auxílio de R$ 24 milhões a municípios atingidos por chuvas, governo federal volta atrás e libera R$ 4,5 milhões para municípios atingidos por enchentes. Este valor distribuido por igual para cada município, mal dá para comprar lona pra cobrir as casas. Mas tem mais. Apesar da Calamidade, governo diz que libera em “mais ou menos” 20 dias. E será que até lá Bolsonaro não muda de idéria de novo e resolve cortar tudo?

Verba levará ao menos 20 dias para ser liberada às prefeituras

Matéria de MATHEUS SCHUCH na Zero Hora

Fernando Gomes / Agencia RBS
Foto do dia 15 de janeiro mostra alagamento em Alegrete, cidade mais prejudicada pelas chuvasFernando Gomes / Agencia RBS

Em nova reunião para tratar do impacto das enchentes no Rio Grande do Sul, o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, anunciou nesta quarta-feira (23) que irá liberar R$ 4,5 milhões para os municípios que decretaram situação de emergência. Na terça-feira (22), o governo federal havia sinalizado que a verba seria de R$ 24 milhões, mas voltou atrás, alegando não ter orçamento suficiente.

— Já se sabe que os municípios precisam muito mais do que isso, mas é o que podemos disponibilizar no momento —justificou Canuto.

O recurso servirá para liberação de estradas e outras ações que viabilizem o escoamento da safra agrícola. Hoje, 18 prefeituras estariam aptas a receber a verba. Na divisão, cada uma ficará com R$ 250 mil.

A estimativa do ministro é de que a verba leve ao menos 20 dias para ser liberada. O dinheiro deve ser utilizado para o escoamento da produção.

Após o balanço dos prejuízos, os prefeitos também poderão encaminhar outros pedidos de ajuda junto à Defesa Civil nacional. Cada caso será analisado separadamente, a partir das demandas individuais.

Presente na reunião, o prefeito de Dom Pedrito avaliou que a medida do governo é positiva, mas ponderou que a verba suprirá apenas o início do trabalho de reconstrução.

– Os R$ 250 mil não são suficientes para atender à demanda dos municípios, mas pelo menos é um aceno do governo federal de que estará presente na reconstrução das nossas cidades – afirmou.

O prefeito ainda aguarda auxílio do Ministério da Agricultura. Na quinta-feira (24), a ministra Tereza Cristina virá ao Rio Grande do Sul para uma reunião, mas não visitará as áreas alagadas, como havia informado em um primeiro momento.

Municípios beneficiados

 

Alegrete

Bagé

Barra do Quaraí

Caçapava do Sul

Caiçara

Cacequi

Dom Pedrito

Itaqui

Lavras do Sul

Manoel Viana

Quaraí

Rosário do Sul

Santana do Livramento

São Borja

São Francisco de Assis

São Gabriel

Uruguaiana

Pedras Altas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: