Uncategorized

ASSASSINOS DE SUZANO ERAM EXTREMISTAS DE DIREITA E APOIAVAM BOLSONARO

Guilherme Taucci Monteiro e Luiz Henrique de Castro cometeram um “acto sanctus”. Assim são chamadas ações com propósitos terroristas no submundo da internet onde encontra-se a rede Dogolachan, uma espécie de fórum anônimo de cunho extremista e que se diz vinculado ao movimento Alt-Right (direita alternativa). Para quem não sabe, o Alt-Right é uma organização de supremacistas brancos nascidas em solo norte-americano dirigida por Steve Bannon que tem laços aqui no Brasil através de Eduardo e Jair Bolsonaro. Basta lembrar que Bannon, um dos estrategistas da campanha de Donald Trump nos EUA auxiliou o presidente fascista brasileiro a montar uma ampla rede de fakenews destinada a gerar o ódio contra a esquerda, cegar parcela da sociedade e alçar Bolsonaro à presidência. Vitorioso, Bannon nomeou Eduardo Bolsonaro como líder da organização na América do Sul.

Parece que isso tudo nada tem a ver com o massacre que dois jovens entusiastas de games violentos realizaram em Suzano. Ledo engano.

Guilherme e Luiz Henrique, além de vizinhos, compartilhavam da mesma visão de mundo e frequentavam a mesma rede extremista. Foi no Dogolachan, com a ajuda de outras pessoas de extrema-direita, que eles planejaram todos os passos da chacina. Desde a estratégia inicial até a compra de armas e formas de executá-la. Guilherme pensava em entrar na escola sozinho com um facão e atingir pessoas aleatoriamente. No fórum foi convencido de que necessitava de companhia, armas, treinamento e até a elaboração de um manifesto onde explicitaria seus motivos e defenderia outros crimes semelhantes como forma de fazer prevalecer a ideologia nazista. O manifesto foi a única parte que não saiu ou ao menos ainda não foi divulgado pelos investigadores do caso, mas o “acto sanctus” foi comemorado no Dogolachan. Seus integrantes, os mesmos que ameaçam constantemente a blogueira Lola Aronovich e políticos de esquerda como Jean Wyllys, Maria do Rosário, Manuela D’Ávila, Márcia Tiburi, entre outros, viram na tragédia promovida por seus “soldados” uma oportunidade para desencadear outras ações semelhantes Brasil afora. Chegam a sugerir um ataque na Rua Augusta, em São Paulo, direcionado contra LGBTQIs, negros e “maconheiros”.

Estamos diante de uma rede de pessoas extremistas dispostas a tudo para chamar a atenção da supremacia branca e do nazismo. Ideologias representadas, segundo um dos seus líderes mundiais, pela família Bolsonaro no Brasil.

Da Rede Povo

5 pensamentos sobre “ASSASSINOS DE SUZANO ERAM EXTREMISTAS DE DIREITA E APOIAVAM BOLSONARO

  1. Por que todo site dizendo que os assassinos eram “apoiadores do Bolsonaro”, não mostram nem um print dessas alegações? Vc por acaso tem alguma prova de que eles postavam conteúdo indicando claramente isso? Acho que não. Como a Globo, Folha de São Paulo, Carta Capital vocês não passam de idiotas úteis da esquerda canalha desse país, que somente desinforma o cidadão. Sugiro que vocês se mudem para a Venezuela ou Cuba, pois este país será consertado pela direita, e vocês vão ter que engolir isso!

    Curtir

    • É o conteudo da matéria. Estamos falando de grupo extremista que se organiza na WEB, mas que atua na sociedade. Não dá pra atribuir a loucura individual a atrocidade cometida. Estamos falando de terrorismo que visa desorganizar a sociedade. E o império, dono da Internet, tem todo interesse em que isto ocorra. A utopia da construção de sociedades igualitarias que sempre moveu as juventudes desde priscas eras, com o auxilio de Psicologia de massas e da comunicação através das Internet é transformada pelo império em arma contra esta utopia.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s