Porto Alegre/Uncategorized

Na semana em que recebe mais de R$ 80 milhões pela Folha de pagamento, Prefeitura obriga servidor a pedir empréstimo se quiser 13º em dezembro

Na mesma Semana em que a Prefeitura recebe mais de R$ 80 milhões da Caixa Federal pela Folha de pagamento dos Servidores, Marchezan faz seus vereadores aprovarem projeto que obriga servidores a pedirem empréstimo se quiserem receber 13% em dia. Entenderam a matemática? A prefeitura diz que investirá 7 milhões em escolas. E os restante quase 80 milhões vão para onde?

Tucanos e neo liberais não se importam com o povo nem com os servidores. Se se importassem, só mudariam a prioridade de pagamentos. Ou alguém acha mesmo que não tem dinheiro na Prefeitura?

E note que as informações sobre os cofres abarrotados são da própria Prefeitura:

Print da Página da Prefeitura dando conta da entrada de mais de R$ 80 milhões pela venda da Folha, que R$ 7 milhões aplicados em escolas e…todo o valor restante vai mesmo pra onde? E destaque para a portentosa entrada de Recursos “quase R$ 1 bi, muitos destes vindos por esforço de Servidores que agora vão ter que pedir empréstimo se quiserem receber o 13.

E se alguém não conseguiu ler no print a matéria da Prefeitura, basta clicar lo link e ver o original http://lproweb.procempa.com.br/pmpa/prefpoa/cs/default.php?p_noticia=999207056

A Câmara Municipal aprovou, na tarde dessa quarta-feira, 11/12, o Projeto de Lei do Executivo 34/19 que autoriza o uso de empréstimo bancário para o pagamento do 13º salário. A data em que será liberado o acesso ao empréstimo e qual será a instituição bancária ainda não foi informada pela Prefeitura. O projeto também estabelece que os servidores que não quiserem utilizar o empréstimo poderão receber o valor completo até o dia 31 de março de 2020.

É a terceira vez em três anos que o prefeito Nelson Marchezan Jr. (PSDB) não cumprirá com seus compromissos de gestor com relação ao 13º salário da categoria municipária, sob o velho e falacioso argumento de que a Prefeitura não dispõe de recursos suficientes. Para o Simpa, a Prefeitura tem a obrigação de cumprir a lei e pagar em dia a gratificação natalina a que os servidores têm direito.

Diante da imposição do prefeito, de pagar somente por meio destas duas modalidades contidas no projeto, o Sindicato vai lutar para garantir aos servidores que optarem pelo empréstimo o acesso ao valor integral, sem nenhum impedimento.

O Simpa informará a categoria assim que obtiver as informações, por parte do Executivo, de qual será o banco escolhido, como e a partir de quando os valores estarão disponíveis.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s