Uncategorized

Governo queima 3 bilhões de Dólares das Reservas cambiais do Brasil num só dia

Banco Central acelera queima de reservas acumuladas por Lula e Dilma que ultrapassavam 300 bilhões de dólares e já caíram pra 180 bilhões em desde Temer. As Reservas cambiais deveriam servir pra dar suporte pro Brasil em tempos de crise do capitalismo. Os seja, neste momento, com o mercado internacional passando por uma crise, os preços aqui no Brasil e no mundo aumentam, os empregos se vão pelo ralo, os bancos ganham mais dinheiro do que nunca, este seria o tempo de colocar parte desta grana no mercado interno, colocando dinheiro nas mãos do povo pra que este possa comprar mais. Se compra mais, este mais tem que ser produzido por alguém. Se alguém tem que produzir, isto significa mais empregos. Mas o que o Banco Central a mando do Bolsonaro e do Guedes estão fazendo, é pegar este dinheiro que o Brasil tem guardado lá fora, entregando para os bancos, para que os bancos segurem o Dólar. Mas o que o nosso Governo deveria estar fazendo é segurando o REAL e garantindo a continuidade do desenvolvimento do Brasil. Assim fez Lula quando aconteceu a Crise de 2009. Botou dinheiro no Bolsa Família, criou o Crédito Consignado, colocou mais dinheiro no Minha Casa Minha Vida e outras formas de crédito. Com o dinheiro na mão, este pessoal foi comprar. O que eles compraram teve que ser produzido. Para produzir, as empresas contrataram gente. Foi por isto que a crise de 2009 no Brasil foi só “uma marolinha”, como dizia o Lula. Agora esta se desenhando um tsunami que vai levar o que resta da Soberania Nacional. Acorda povo.

Leia Matéria da Reuters sobre a queima do dinheiro das reservas internacionais.

(Reuters) – O Banco Central intervirá no mercado de câmbio com instrumentos e montante necessários para acalmar o mercado e promover a funcionalidade das operações, disse nesta segunda-feira o diretor de Política Monetária do Banco Central, Bruno Serra, acrescentando que o BC tem a política monetária como ferramenta para conter efeitos da crise externa.

“O cenário tem evoluído muito rápido. A gente vai precisar se debruçar sobre o assunto e avaliar a melhor forma” na reunião do Copom deste mês, afirmou Serra em evento em São Paulo.

“Vamos continuar fazendo (intervenções no câmbio) no montante que for necessário enquanto entendermos que o mercado não está funcionando de modo regular.”

O BC elevou a 3 bilhões de dólares a oferta líquida de dólar à vista em leilão nesta segunda-feira, ante valor inicialmente programado de 1 bilhão, depois de na semana passada ter colocado no mercado 5 bilhões de dólares em contratos de swap cambial tradicional, também em colocação líquida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s