Uncategorized

Corrupção: STF manda investigação contra Onyx Lorenzoni por propina Caixa 2 da JBF para a Justiça Eleitoral do RS

A 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) realizou, nesta segunda-feira, 17, um julgamento que, por unanimidade, confirmou o envio à Justiça Eleitoral do Rio Grande do Sul da investigação contra o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni (DEM-RS), por recebimento de caixa dois.

Onyx Lorenzoni
Onyx Lorenzoni (Foto: Valter Campanato – Agência Brasil)

A 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) realizou, nesta segunda-feira, 17, um julgamento que, por unanimidade, confirmou o envio à Justiça Eleitoral do Rio Grande do Sul da investigação contra o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni (DEM-RS), por recebimento de caixa dois.

O ministro foi delatado pelos executivos da holding J&F, dos irmãos Joesley e Wesley Batista, como destinatário de R$ 300 mil nas eleições de 2012 e 2014. No início de agosto, o ministro, réu confesso de caixa dois, fechou um acordo de não-persecução penal com a Procuradoria-Geral da República (PGR), comandada pelo bolsonarista Augusto Aras. Com a decisão da Supremo, o acordo deverá ser analisado por um juiz eleitoral.

Onix havia aceito pagar R$ 189 mil como prestação pecuniária, em troca do encerramento da investigação a respeito do assunto.

Com Informações do Brasil 247

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s