Uncategorized

Resultados mostram que esquerda estancou perdas mas Frente é estratégica para avançar (Por Benedito Tadeu César)

São tristes e podem até nos indignar os resultados eleitorais em Porto Alegre e no Brasil em seu conjunto, mas temos que entender que não se pode reverter em dois anos e com pouquíssimos recursos, anos o trabalho de desmonte que foi feito durante 10 ou mais anos, com muito dinheiro, inclusive do exterior, com o apoio da grande mídia corporativa, das igrejas neopentecostais e de grande parte das instituições da República.
Os resultados que as esquerdas obtiveram, diante das circunstâncias, foram excelentes. O fato de irem ao segundo turno de forma competitiva em muitas capitais e cidades importantes, apenas dois anos após as catástrofes políticas de 2016 e 2018, é um grande feito e uma enorme vitória.
Agora, é enxugar as lágrimas, juntar nosso povo e ir à luta!…
O desempenho das esquerdas no segundo turno não foi muito diferente da tradição histórica. Dificilmente as esquerdas ampliam muito seus ganhos nos segundos turnos, pois quase sempre todas as demais forças se unem contra elas. As esquerdas estancaram as perdas, e isso já muito importante. Não foi a centro direita que cresceu nessas eleições, e sim os partidos de negócios, os religiosos e de nichos. Na centro direita houve transposição de votos que saíram do MDB e do PSDB e foram para o DEM, o PP e o PSD. Aliás, o PP e o PSD também viraram partidos de negócios. Esses partidos não têm candidatos competitivos nacionalmente e terão que se aliar com alguém do PSDB ou com Ciro, pois ele irá se esforçar para isso. As forças de esquerda e centro-esquerda precisam se unir numa grande frente programática, intensificar os trabalhos de base, volta às bases, às periferias e se dirigir ao novo mundo do trabalho. Para fazer isso, elas terão que se desburocratizar e se des-oligarquizar e, no que tange ao PT, deixar de ser o partido essencialmente parlamentar e controlado pelos deputados que se tornou nos últimos 10 ou 15 anos. Eleitoralmente, as esquerdas terão que elaborar um discurso e um programa capaz de conquistas parcelas do centro democrático e também do empresariado. Sem isso, serão derrotadas em 2022.

Algo que precisa ser analisado por todos, vencedores e vencidos, foi o fato de que a alienação eleitoral, ou seja a somatória dos não votos (abstenção, brancos e nulos) foi maior do que a votação tanto de Manuela quanto também de Melo. Isso é evidência de que ninguém está conseguindo conquistar a maioria do eleitorado. A maior parte do eleitorado ainda está contaminado pela “não política”. Se quisermos reverter esse quadro, teremos que revisar nossas bandeiras e nossas posturas.
Algo que precisa ser analisado por todos, vencedores e vencidos, foi o fato de que a alienação eleitoral, ou seja a somatória dos não votos (abstenção, brancos e nulos) foi maior do que a votação tanto de Manuela quanto também de Melo. Isso é evidência de que ninguém está conseguindo conquistar a maioria do eleitorado. A maior parte do eleitorado ainda está contaminado pela “não política”. Se quisermos reverter esse quadro, teremos que revisar nossas bandeiras e nossas posturas.
A alienação eleitoral em Porto Alegre chegou a 39,59% do eleitorado, o que implica que abstenções, brancos e nulos somados totalizaram 404.431 enquanto Manuela fez 307.475 votos e Melo 370.550, ambos, individualmente, abaixo do “não voto”.

Benedito Tadeu César Possui graduação em Ciências Sociais pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Rio Claro (1974), atual UNESP, mestrado em Antropologia Social pela Universidade Estadual de Campinas (1982) e doutorado em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas (1990). Atualmente é professor associado 2 aposentado da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Tem experiência na área de Ciência Política, com ênfase em Estudos Eleitorais e Partidos Políticos, atuando principalmente nos seguintes temas: democracia, rio grande do sul, partido dos trabalhadores, cidadania e partidos políticos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s