Uncategorized

RS registra quase 500 mortes por Covid-19 em uma semana e se aproxima de 500 mil casos

Com Informações do Jornal do Comércio

RS completou 10 meses dos primeiros casos de Covid-19 e são quase 500 mil registros

RS completou 10 meses dos primeiros casos de Covid-19 e são quase 500 mil registros

O Rio Grande do Sul computou neste domingo (10) mais 26 mortes por complicações da Covid-19, chegando a 9.439 vítimas fatais na pandemia. No fim de semana, foram mais 80 óbitos. Com isso, as notificações se aproximaram de 500 vítimas fatais em uma semana, entre 4 (segunda-feira passada) e 10 de janeiro. Foram 480 mortes nos sete dias. O total de mortes em poucos dias também representa 5% de todas as vidas perdidas em 10 meses de pandemia. Em apenas uma semana, o número de óbitos, após as infecções pelo novo coronavírus, cresceu 5,4%, frente aos registros do domingo (3), que computou 8.954 mortes.   No fim de semana, foram notificados 5.572 novos casos da doença, segundo a atualização feita pela Secretaria Estadual da Saúde em sua conta no Twitter.  O Estado tem um total de 480.480 registros do novo coronavírus em 10 meses desde as primeiras infecções pela doença, que se alcança neste domingo Em 10 de março de 2020, foi anunciado o primeiro caso, de um homem que havia viajado para a Itália, abrindo essa longa temporada de combate da pandemia, que experimenta recrudescimento desde o começo de dezembro. Até este domingo, 455.391 pessoas foram consideradas recuperadas da infecção, ou 95% dos casos. A ocupação de leitos de UTI, um dos indicadores mais observados na definição de mais ou menos restrições, é de 76,9%. São 2.030 pacientes em 2.640 leitos. Dos doentes, 8532 tiveram diagnóstico positivo para Covid-19. Além disso, há 140 casos suspeitos da doença em vagas de UTI. Mais de 33 mil pessoas estão internadas com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). A Covid-19 é uma das síndromes.  Em Porto Alegre, que soma 80,4 mil casos e quase 2 mil mortes, as UTIs registram o menor número de internações por Covid-19 desde 2 de dezembro, quando havia 260 pacientes com a infecção nas unidades. Neste domingo, são 270 internações pelo novo coronavírus. O pico recente foi de 333 casos em 19 de dezembro. Mesmo com menor demanda ela pandemia, as UTIs enfrentam ocupação próxima ao nível crítico. O setor tinha durante este sábado 87,6% de uso da capacidade – eram 703 doentes nas unidades para um total de 815 leitos em toda a rede (pública e privada). Os hospitais Moinhos de Vento e Cristo Redentor registravam 100% de ocupação.     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s