Lula/Pesquisa

Programa da Globo fala de pesquisa do Datafolha sem mencionar o nome de Lula

Os 41 % de Lula no 1º e 55 % no 2º turno na Pesquisa Data Folha são literalmente escondidos por programas da Globo. Sardemberg por exemplo, sequer falou dos índices. Enquanto isto Estadão faz editorial com a velha

Sardenberg consegue falar em pesquisa do Datafolha sem mencionar o nome de Lula, nem o resultado; veja
Reprodução

Do VIOMUNDO

A TV Globo continua apostando na “terceira via”.

Não noticiou o resultado da pesquisa Datafolha mais recente no Jornal Nacional, o que tradicionalmente faz.

Além disso, o comentarista Carlos Alberto Sardenberg conseguiu se referir a uma certa “pesquisa”, que não nomeou, sem dar o resultado ou mencionar a disparada do ex-presidente Lula.

Foi num programa da Globonews.

A importância da pesquisa Datafolha, especificamente neste momento, é que foi a primeira feita presencialmente, depois de um longo tempo com os pesquisadores trabalhando por telefone ou através da internet para chegar aos entrevistados.

Lula abriu vantagem de 18 pontos sobre o presidente Jair Bolsonaro no primeiro turno e de 23 no segundo. Ocupando o centro, o ex-presidente não deixa espaço para a terceira via.

A Globo espera que os eleitores declarados de Ciro Gomes e Sergio Moro se juntem para apoiar um candidato de terceira via que supere Bolsonaro.

Mas, para isso, o presidente precisa perder ainda mais popularidade, já que no Datafolha Ciro e Moro somam 16%.

Sardenberg é conhecido por comentários estranhos.

Quando a economia brasileira cresceu a ritmo de 9%, sob governo petista, ele famosamente conseguiu fazer parecer que era muito perigoso, em comentário no Jornal da Globo:

“Não é bom e não é um problema só brasileiro. O país quando ele cresce além das suas possibilidades o que acontece? Começa a faltar estrada, começa a faltar porto, começa a entupir os aeroportos, começa a faltar mão de obra, começa a faltar matéria prima, etc. O correto para os bancos centrais, para os governos é não deixar a coisa estourar nesse ponto, é tomar medidas preventivas quando a economia ameaça crescer mais do que pode, que é o caso do Brasil e até o caso da China, que está crescendo mais do que pode lá no esquema deles, né?”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s