Aplicativos/Luta de classes

Sobre Borba Gato, moto boys, aplicativos e histórias mal contadas

Trabalhar para aplicativos é tipo escravidão no Século 21, embora estes trabalhadores se achem “empreendedores”.

O “líder” dos entregadores de aplicativos resolveu criar um grupo chamado “revolução periférica” pra tacar fogo numa Estátua do Borba Gato, por que o povo não se convenceu da história impressa em um panfleto que ele distribuiu. Segundo ele próprio, o tal panfleto versava sobre “figuras controversas” na história brasileira.

Borba Gato liderou o desbravamento do interior do Brasil e caçava índios para escravizá-los.

Incendiar a tal Estatua surtiu um efeito. Ganhou mais tempo na mídia e nas redes sociais do que as grandes mobilizações contra Bolsonaro que aconteciam ao mesmo tempo em todo o Brasil. Se o posto de gasolina ali ao lado tivesse pego fogo, o alcance do “ato” poderia ter tido o mesmo daquele dos black blocks lá em 2013, lembra? Depois se ficou sabendo que aquele movimento não foi assim tão voluntarista e espontâneo, como muita gente até hoje acredita que foi.

Como diz o próprio, o tal grupo “revolução periférica” foi criado para realizar ações do tipo, por que o povo não se convenceu com os argumentos impressos e ditos:

Em depoimento à Polícia Civil ele afirmou que a ideia do manifesto surgiu após distribuição de panfletos sobre Borba Gato não ter surtido o efeito desejado pelos integrantes do grupo Revolução Periférica, criado dias antes para discutir “figuras controversas”, justificou.

Galo disse ter participado da distribuição de panfletos na madrugada de 22 de julho com a pergunta: “Você sabe quem foi Borba Gato?”. No dia seguinte, disse ter começado a arquitetar o ato…

O voluntarismo nunca foi bom conselheiro, por que fruto de atos individuais que muitas vezes não tem a simpatia da maioria.

Fico me perguntando por que um sujeito que liderava o movimento dos super explorados entregadores de aplicativos, sendo para estes referência em todo o Brasil, faz este barulho todo com uma Estatua na semana em que as Empresas donas de Aplicativos resolveram apresentar uma proposta de regulamentação do setor, incluindo os já super explorados entregadores.

Gente boa estes donos de aplicativos que faturam bilhões de dólares no mundo as custas escravos que se foram convencidos por estas mesmas empresas de que são “empreendedores” cujas colunas vertebrais, cartilagens e saúde nunca sofreriam as consequências do uso exarado do corpo e da mente nas entregas que fazem recebendo uma média de R$ 5,00 por hora, sem direitos trabalhistas, previdência, 13º, férias…e nem sequer a alimentação.

Será que queimando uma estatua do Borba Gato o “galo” conseguiu convencer algum entregador moto boy de que ele não é empreendedor, mas sim um trabalhador super explorado? Ou pelo contrario, ele conseguiu fazer muitos do povo acreditarem que moto boys são voluntaristas mesmo e estão como estão justamente por causa disto?

Aliás, aquele posto de gasolina não pegou fogo, mas vendo a manchete do Print a seguir, a mídia parece disposta a seguir uma narrativa que talvez já existisse antes mesmo do fato acontecer, tal qual as “revoluções coloridas que assolaram o mundo e que por aqui se mostrou com toda força em 2013. A ver.

Só por curiosidade: Em 2013 a “revolução” foi comandada em São Paulo pelo tal MPL. Movimento Passe Livre, que sumiu logo após a vertiginosa queda de credibilidade da Dilma. Aí veio um quase homônimo, o MBL. Mas isto pode ser só coincidência mesmo, ou teoria da conspiração.

O que é fato, é que queimar a Estatua do Borba Gato não mudou nem a vida nem a consciência dos trabalhadores explorados da periferia . Ou mudou?

Mas deu muito clique em Páginas de esquerda e direita com as contrárias e diferentes narrativas para que cada bolha se satisfaça.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s