Uncategorized

Para pagar “novo Bolsa Família”, Governo quer roubar R$ 40 Bi em precatórios que aposentados receberiam em 2022

O “novo” Bolsa Família, ou “Renda Brasil é um grande embuste que só tem dinheiro para 1 ano, tirado de dinheiro que seria pago a Aposentados que ganharam ações na Justiça e receberiam em Precatórios em 2022.

Guedes e Bolsonaro roubam de pobres aposentados para dar a pobres que nunca vão se aposentar por que o Governo esta acabando com o que resta de Direitos Trabalhistas.

Mas este é o dinheiro para 2022. E nos outros anos? E tem coisa tão ou mais grave na tal MP do “Renda Brasil” ou “Novo” Bolsa Família. Clica no link pra saber por que: Com “novo” Bolsa Família, Governo vai tirar papel dos Municípios e desmontar Estrutura da Assistência Social no Brasil .

Foto montagem do Blog: Chamada da CNN mais Manchete da Folha. Não precisa ser técnico pra compreender o roubo descarado. Bolsonaro e Guedes querem tirar o que é direito de uns para pagar um outro direito

Leia na íntegra a matéria que mostra o ROUBO, a TUNGA, no dinheiro dos Aposentados:

Governo quer parcelar sentenças judiciais e liberar R$ 40 bi do Orçamento para o novo Bolsa Família em 2022

Por novo Bolsa Família, governo prepara PEC para reduzir impacto de precatórios

Ideia é que medida estenda prazo de pagamento e priorize as verbas de caráter alimentar, como decorrentes de ações relacionadas a aposentadorias e indenizações

O governo federal prepara uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) para tentar reduzir o impacto nas contas públicas para o próximo ano de um débito com precatórios de cerca de R$ 89 bilhões.

A ideia da medida, discutida entre o Palácio do Planalto e o Ministério da Economia, é estender o prazo de pagamento, diminuindo o percentual estimado para o ano que vem, e priorizar as verbas de caráter alimentar, como decorrentes de ações judiciais relacionadas a aposentadorias e indenizações.

Antes de enviar a proposta ao Congresso Nacional, o governo federal ainda irá tentar uma arbitragem com o STF (Supremo Tribunal Federal). Na semana passada, o ministro Luiz Fux discutiu o tema com o ministro da Economia, Paulo Guedes. “A partir de agosto, os moldes dessa negociação serão definidos e informados à sociedade”, ressaltou nota divulgada pela Suprema Corte.

O pagamento de precatórios ameaça inviabilizar a reformulação do Bolsa Família. A ideia inicial da equipe econômica era elevar o valor médio do benefício social de R$ 190 para R$ 250. O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), no entanto, pediu à equipe econômica um valor médio mínimo de R$ 300.

Para viabilizar o benefício dentro das regras fiscais, o governo federal apostava na utilização de uma folga no teto de gastos estimada em R$ 30 bilhões, impulsionada pelo aumento da inflação.


Na semana passada, contudo, o Poder Judiciário informou à equipe econômica, durante a elaboração da Lei Orçamentária de 2022, sobre a necessidade de pagamento de precatórios em um montante de R$ 89 bilhões, acima das expectativas do Palácio do Planalto.

O valor dessas dívidas devidas após sentenças judiciais é estimado em R$ 54 bilhões para este ano. Por isso que o governo federal prepara uma medida para amortecer o impacto.

Mesmo diante do impasse, o Ministério da Cidadania trabalha com a estimativa de editar a medida provisória que reformula o Bolsa Família na segunda semana de agosto.

Nas contas de técnicos do governo federal, o prazo é o limite para conseguir cruzar dados e operacionalizar os pagamentos do novo programa no mês seguinte ao fim do auxílio emergencial, em novembro.

Como o público do Bolsa Família migrou para o pagamento emergencial da pandemia, iniciado em abril com a última parcela em outubro, parte do orçamento previsto para o programa assistencialista foi poupado. O valor vai permitir pagar as duas parcelas do novo programa social turbinado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s