Guerra Híbrida/Mundo/Uncategorized

Há 10 anos, Os EUA Invadiam a Líbia, Assassinando o Líder Muammar Khadafi e mais de 100 mil cidadãos líbios

“A invasão da Líbia há 10 anos foi parte do plano de destruição de um país com liderança regional na África e Oriente Médio”, diz historiador

Com Conteúdo do DESACATO

Há dez anos, as forças da OTAN lideradas pelos Estados Unidos de Barack Obama violaram a soberania da Líbia e cometeram o ato bárbaro de assassinato de Muammar Khadafi após prendê-lo, estuprá-lo e arrastá-lo pelas ruas até seu linchamento. O líbio enfrentava uma série de manifestações pela insatisfação de parte da população e, ao mesmo tempo, as forças do imperialismo, representadas pela OTAN, empreenderam uma operação militar, que,  segundo palavras do historiador Sayid Marcos Tenório, teve o objetivo de “destruir o regime de um líder com grande influência popular” através de uma “intervenção humanitária”.

Em apenas sete meses de operação militar, a OTAN realizou 10.000 missões de ataque com 40.000 bombas e mísseis contra os líbios. Como resultado, 120.000 líbios morreram de acordo com dados da Cruz Vermelha Internacional.

A intervenção amparou-se na resolução 1973 do Conselho de Segurança das Nações Unidas aprovada em 17 de março de 2011, que “expressando grande preocupação com a deterioração da situação, a escalada da violência e o elevado número de vítimas civis” (…) autorizado a tomar “todas as providências necessárias” para supostamente proteger os cidadãos líbios que estavam sob “ameaça de ataque” do governo deposto de Muammar Gaddafi.

As contribuições do Coronel Ghadafi aos movimentos de libertação na África vão desde a África do Sul e a derrota do apartheid até a transformação da antiga Organização União Africana para a atual União Africana. Ele também foi um grande estimulador da OLP e o direito à autodeterminação palestina.  Outros movimentos que também tiveram seu apoio foram o IRA (Exército Republicano Irlandês) e a Frente Polisário de Libertação do Povo Saarauí que há mais de 40 anos luta contra a ocupação do seu território por parte do Reino do Marrocos.

30.000 pessoas morreram por causa da “intervenção humanitária” da OTAN na Líbia.

Assista à entrevista completa no vídeo abaixo:

E LEIA TAMBÉM AQUI NO BLOG:

Por que destruíram a Líbia e mataram kaddafi?

“Agora se sabe , item por item, tudo que o tirano Gaddafi fez com seu povo. Eis uma lista de atrocidades a que os líbios foram submetidos por quatro décadas:A matéria a seguir foi originalmente publicada na revista SCHVEIZ MAGAZIN e a Tradução publicada pelo  Nilson Lage no seu perfil no facebook. Ela é de 2011, época do início das tais “revoluções coloridas” patrocinadas por organizações internacionais e que destruíram países árabes inteiros e até agora destroem a Síria. Mas as revoluções coloridas continuam e agora tentam ceifar democracias e avanços sociais na América Latina, incluindo o Brasil, onde patrocinam o Golpe em andamento. Leia o artigo. Há alguma similaridade com o Brasil. Leia, pense e ajude a desconstituir o golpe em marcha e retomar a construção do Brasil com Inclusão Social, que esta agora suspenso pelo Golpe (Comentário do Blogueiro)

Muammar-Gaddafi--007

“Agora se sabe , item por item, tudo que o tirano Gaddafi fez com seu povo. Eis uma lista de atrocidades a que os líbios foram submetidos por quatro décadas:.
1. Não havia conta de luz na Líbia. A eletricidade era grátis para todos os cidadãos.
2. Não havia juros sobre empréstimos. Os bancos oficiais oferenciam subsídios iguais para todos. Era lei.
3. Ter uma casa era considerado direito humano.
4. Todos os recém-casados na Líbia recebiam US$ 50 mil, o bastante para aa compra de seu primeiro apartamento. Era o presente do governo às novas famílias.
5. Educação e tratamentos médicos eram grátis na Líbia. Antes de Gaddafi chegar ao poder 25 por cento dos líbios eram alfabetizados. hoje o número é de 83 por cento.
6. Terras aráveis, uma casa rural, ferramentas, sementes e gado livre eram oferecidos a quem quisesse ser agricultor.
7. Se um líbio não encontrasse escolas ou instalações médicas de que necessitasse poderia buscá-las no estrangeiro com a ajuda de fundos do Estado, que oferecia, para isso US $ 2.300 por mês destinados a alojamento e transporte.
.8. Se um líbio comprasse um carro, o governo subsidiava metade do valor.
9. A gasolina custava 12 centavos de dólar (cerca de R$0,40) o litro.
10. Se um líbio terminasse a graduação universitária e não achasse colocação, o estado pagava o salário médio de sua profissão em que ele encontrasse emprego tecnicamente adequado.
11. A Líbia não tinha dívida externa e as reservas, que totalizavam |US$ 150 bi, foram dividas pelas potências de ocupação entre si.
12. Uma parcela da venda de petróleo da Líbia era creditada diretamente nas contas de todos os cidadãos da Líbia.
13 Mães que davam à luz uma criança ganhavam US $ 5.000.
14. Um quarto dos líbios têm um diploma universitário.
15. O Grande Rio Artificial para abastecimento das lavouras e cidades líbias é o maior projeto de encanamento da água potável do mundo.
Graças a Deus Otan e os rebeldes devolveram a liberdade ao povo líbio.”
(fonte: Schweiz Magazin, Suíça)

So grausam war Gaddafi

27/10/2011 17:32:00EditorSchriftgrösse: 

Was der Diktator und Tyrann Gaddafi seinem Volk alles antat, wird jetzt täglich Stück für Stück bekannt. Hier eine Aufzählung seiner Grausamkeiten unter denen die Libyer 4 Jahrzehnte leiden mussten.

1. Es gab keine Stromrechnung in Libyen. Strom war kostenlos für alle Bürger.

2. Es gab keine Zinsen auf Kredite. Die staatlichen Banken vergaben Darlehen an alle Bürger zu null Prozent Zinsen, per Gesetz.

3. Ein Heim/Zuhause zu haben, galt als ein Menschenrecht in Libyen.

4. Alle Frischvermählten in Libyen erhielten 50.000 US-Dollar. Dieses Geld sollte den Menschen ermöglichen ihre erste Wohnung zu kaufen. Die Regierung wollte so zum Start einer Familie beitragen.

5. Bildung und medizinische Behandlungen waren frei in Libyen. Bevor Gaddafi an die Macht kam konnten nur 25 Prozent der Libyer lesen. Heute liegt die Zahl bei 83 Prozent.

6. Wollten Libyer in der Landwirtschaft Karriere machen, erhielten sie Ackerland, eine Bauernhaus, Geräte, Saatgut und Vieh als Schnellstart für ihre Farmen und das alles kostenlos.

7. Wenn Libyer keine Ausbildung oder medizinische Einrichtungen finden konnten die sie benötigten, hatten sie die Möglichkeit mit der Hilfe staatlicher Gelder ins Ausland zu gehen. Sie bekamen 2.300 USD im Monat für Unterkunft und Auto gezahlt.

8. Wenn ein Libyer ein Auto kaufte, subventionierte die Regierung 50 Prozent des Preises.

9. Der Preis für Benzin in Libyen betrug 0,14 $ (12 Rappen oder ca. 0,10 Euro) pro Liter.

10. Wenn ein Libyer keine Arbeit bekam nach dem Studium, zahlte der Staat das durchschnittliche Gehalt des Berufs in dem er eine Arbeit suchte, bis eine fachlich adäquate Beschäftigung gefunden wurde..

11. Libyen hat keine Auslandsschulden und die Reserven in Höhe von 150.000.000.000 $ haben die Okkupationsmächte unter sich aufgeteilt.

12. Ein Teil jeden libyschen Öl-Verkaufs wurde direkt auf die Konten aller libyschen Bürger gutgeschrieben.

13. Mütter die ein Kind gebaren erhielten 5.000 US-Dollar.

14. 25 Prozent der Libyer haben einen Hochschulabschluss.

15. Gaddafi startete Das “Great-Man-Made-River-Projekt” (GMMRP oder GMMR, dt. Grosses menschengemachtes Fluss-Projekt) in Libyen Es ist das weltweit grösste Trinkwasser-Pipeline-Projekt für eine bessere Wasserversorgung von Bevölkerung und Landwirtschaft.

Gott sei Dank haben Nato und Rebellen das libysche Volk davon befreit.

6 pensamentos sobre “Há 10 anos, Os EUA Invadiam a Líbia, Assassinando o Líder Muammar Khadafi e mais de 100 mil cidadãos líbios

  1. Pingback: Há 10 anos, Os EUA Invadiam a Líbia, Assassinando o Líder Muammar Khadafi e mais de 100 mil cidadãos líbios – Formar novas mentalidades

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s