Uncategorized

Lula pede a empresários que não embarquem no esquema de venda da Eletrobras 

“Eu espero que os empresários sérios que querem investir no setor elétrico brasileiro não embarquem nesse arranjo esquisito que os vendilhões da pátria do governo atual estão preparando para a Eletrobrás, uma empresa estratégica para o Brasil, meses antes da eleição”, escreveu Lula no Twitter. 

Ex-presidente também criticou os “vendilhões da pátria” e destacou que a Eletrobras é uma “empresa estratégica para o Brasil”. Privatização é ruim para o Brasil e para o povo que vai pagar a conta Fonte:

– CUT – Central Única dos Trabalhadores

Lula pede a empresários que não embarquem no esquema de venda da Eletrobras  — Brasdangola Blogue

Gleisi sobre privatização da Eletrobras: ‘crime de lesa-pátria. Vamos à Justiça’

O ex-presidente Lula da Silva alertou, nesta quarta-feira (16), os empresários sérios do Brasil para que não apoiem a privatização da Eletrobras, após o Tribunal de Contas da União (TCU) dar o primeiro aval para a entrega da estatal à iniciativa privada. 

TCU ignorou erro gigantesco nos cálculos

Por 6 votos a 1, o TCU avalizou os valores da desestatização do sistema Eletrobras, apesar do ministro revisor, Vital do Rêgo, ter apontado “erros grotestcos” no modelo de venda. Um deles é o próprio valor proposto e aprovado, de R$ 67 bilhões. Para o ministro, o valor de venda da companhia deveria ser duas vezes maior do que o previsto na transação, ou seja, no mínimo, R$ 130 bilhões. Mesmo avalizado pelo TCU, o modelo de venda ainda está em análise.

Pelas contas da Associação dos Engenheiros e Técnicos do Sistema Eletrobras (Aesel) e da Associação dos Empregados da Eletrobras (Aeel), a empresa vale muito mais, no mínimo, R$ 400 bilhões.  

Vital do Rêgo também criticou o Ministério de Minas e Energia (MNE) por não ter deixado claro no processo os impactos que a venda da estatal causará nas tarifas de energia.

Na série de reportagens intitulada “E eu com isso?”, o PortalCUT já havia explicado para os brasileiros como eles serão afetados pela privatização de várias empresas e afirmado que a venda da Eletrobras daria um prejuízo a ser pago pelo povo brasileiro.

E isso vai acontecer porque os preços dos serviços que a estatal oferece vão aumentar assim como serão reajustados os preços de outros bens que necessitam da matéria prima – energia, gás e petróleo, por exemplo – produzida pela empresa pública.

A presidente nacional do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann (PR), também criticou, nessa terça, a privatização da Eletrobras e destacou que recorrerá ao Judiciário para impedir a iniciativa do governo Jair Bolsonaro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s