democracia/Revolução

25/04/1974: Há 48 anos com a Revolução dos Cravos, Portugal se libertou da Ditadura Fascista

“Em cada esquina um amigo, em cada rosto Igualdade”, “o povo é quem mais ordena

25 de Abril de 1974: nas rádios de Lisboa e de Portugal toca a música “Grândola, vila morena”, de Zeca Afonso. Estava dado o sinal para o movimento revolucionário derrubar quarenta anos de ditadura fascista.

Nestes tempos sombrios, onde a Ultra Direita nazifascista avança no mundo e no Brasil, relembrar a história de Luta dos Povos contra este Mal que invade espalha a divisão, o ódio, a violência e o medo dentro das nações.

Nos últimos dias, o PCP – Partido Comunista Português, fez uma série de postagens intituladas “o fascismo existiu”, para relembrar a todos e todas, em épocas de saudosismo irracionalista, como era a vida em período salazarista: alto desemprego, alto analfabetismo, péssimas condições de vida, repressão, assassinatos e torturas.

25 de Abril foi o resultado, também, das lutas de libertação em África. Amílcar Cabral em Guiné-Bissau, Samora Machel e Agostinho Neto em Angola e Eduardo Mondlane em Moçambique pavimentaram o caminho da destruição do fascismo.

O povo português fez sua parte: derrotou a ditadura e abriu caminho para a independência dos países africanos. Em Outubro nós Brasileiros teremos que fazer a nossa parte, elegendo Lula Presidente pra retomar a esperança de um Brasil e de uma América Latina Soberana.

Viva 25 de Abril!

Leia mais sobre a Revolução dos Cravos clicando nos links a seguir

Há 48 anos, num dia 25 de abril, as Flores venciam a guerra contra tanques, fuzis e o ódio fascista com sotaque português

As portas que a Revolução dos Cravos abriu (Em 25 de bril de 1974 acontecia a revolução portuguesa)

25 de abril: Há 44 anos a Revolução dos Cravos pôs fim a Ditadura em Portugal (vídeo)

Mário Soares e Lula debatem os 40 anos da Revolução dos Cravos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s