Lula

19 boas notícias para quem votou em Lula (Por Kika Castro)

19 boas notícias para quem votou em Lula — blog da kikacastro

Não tem jeito: sou otimista.

Sei que o bolsonarismo mostrou força nestas eleições, com todo seu discurso de ódio, de violência, que nada tem a ver com o que prega o cristianismo e os valores da família, que ele diz defender.

Sei que pessoas terríveis foram eleitas, como o juiz que presidiu os julgamentos da Lava Jato para prender um cara que era adversário político do sujeito para quem ele foi depois trabalhar como ministro. (E, se os bolsonaristas não estranharam nem isso, o que se há de esperar deles?)

Sei que as fake news proliferam, eles seguem alardeando fraude nas urnas, inventando loucuras como que o PT tem um “plano de dominação comunista” ou que Lula recebeu mais votos do que o número de eleitores. O pessoal lê qualquer asneira em que QUEREM acreditar e repassa sem se importar mais se é mentira deslavada ou não.

    Mas sigo otimista. O otimismo foi uma das coisas que meu pai me ensinou de mais preciosas, que espero ensinar a meu filho também. É importante manter a esperança e a fé no ser humano, até quando tudo parece perdido.

    E é por isso que hoje, mesmo diante de tantas notícias desalentadoras, decidi selecionar aquelas que trazem um pouco mais de otimismo e de esperança.

    Porque precisamos acreditar ainda que as pessoas que convivem conosco guardam um pouco de bondade no coração. Que guardam as palavras de tolerância e paz que sempre foram ensinadas por Jesus – e não palavras de defesa da tortura, da violência contra as mulheres e contra as minorias, como as que saem da boca de Bolsonaro.

    O sujeito que diz ser a favor da moral e dos bons costumes, mas gastou dinheiro público “pra comer gente“, segundo declarou, sem pudores, à imprensa quando era deputado federal.

    Então, meus amigos, se você votou no Lula e se sentiu desesperançado – não com o segundo turno, que já era previsível, mas com a eleição de bolsonaristas nos estados e no Legislativo –, este post é para renovar sua esperança.

    Ainda temos quatro semanas pela frente e precisamos seguir fazendo política com diálogo, tolerância, respeito e amor, e não com gritos e PALAVRAS EM CAPS LOCK, como o lado de lá faz.

    Vamos às notícias boas para quem votou em Lula:

    1- Vamos começar com o óbvio: Lula (PT) teve 48,43% dos votos e Bolsonaro (PL) 43,2%. É uma diferença percentual significativa. Além disso, em 2018, Bolsonaro tinha conquistado 46% dos votos válidos.

    2- Considerando os números absolutos de votos, foram 57.259.405 para Lula e 51.072.234 para Bolsonaro. Uma diferença de mais de 6 milhões (exatos 6.187.171 às 20h40 desta segunda-feira) a mais para o ex-presidente petista.

    3- Em 2006, Lula tinha terminado o primeiro turno com menos votos: 46.662.365. Em 2002, também foi bem menos: 39.455.233. E ele foi eleito no segundo turno nesses dois anos. Na verdade, neste ano Lula conseguiu mais votos do que jamais em sua história, desde que começou a disputar eleições, em 1989, considerando os números absolutos.

    4- Lula também recebeu 25 milhões de votos a mais que Fernando Haddad em 2018 e também venceu em muito mais estados que o PT tinha vencido no primeiro turno de 2018.

    5- Lula ganhou em 3.378 cidades, e Bolsonaro em 2.192. São 1.186 cidades a mais. Veja como teve muito mais município com vitória de Lula (vermelho) que de Bolsonaro (azul):

    Mapa com disposição de municípios por voto. Vermelhos tiveram vitória para Lula e azuis, para Bolsonaro. Reproduzido do g1.

    6- Dos 2.850 municípios em que Bolsonaro venceu no primeiro turno de 2018, 683 (24%) tiveram vitória de Lula agora. Dos 2.609 municípios em que o PT teve o primeiro lugar naquele ano, apenas 24 viraram para Bolsonaro em 2022.

    7- Entre os eleitores no exterior, Lula venceu por 47,17% a 41,61%.

    8- Sim, entraram bolsonaristas péssimos no Senado, mas as eleições deste ano renovaram apenas um terço da Casa e o tamanho da bancada pró-Lula (35) continua maior que a pró-Bolsonaro (24):

    Este gráfico da Folha mostra que a bancada com tendência pró-Lula ainda é maior que a pró-Bolsonaro, mesmo com eleições deste ano.

    9- Olhando agora para a Câmara dos Deputados, a bancada do PT passou de 56 para 68 deputados e será a segunda maior da Casa. Considerando a federação formada por PT, PCdoB e PV, são 80 deputados eleitos.

    10- A federação do PSOL com Rede passa de 8 para 14, maior bancada de sua história, puxada pela eleição de Guilherme Boulos (PSOL) com mais de 1 milhão de votos.

    11- Mesmo com o aumento também forte da bancada do PL, a correlação de forças na Câmara não vai mudar muito antes ao que já estava antes. E a bancada com tendência pró-Lula (223) vai seguir bem maior que a pró-Bolsonaro (198).

    12- Vamos falar de representatividade? Em 2023, o número de deputadas mulheres na Câmara passará de 77 para 91. As mulheres irão representar 17,7% das cadeiras do Congresso – hoje são 15%. É um recorde histórico para as mulheres!

    13- Também aumentou o número de parlamentares negros: de 123 para 135 (outro recorde). E indígenas também.

    14- A Câmara dos Deputados terá deputada trans pela primeira vez em sua história. Não só uma: duas!

    15- Alguns caciques influentes na política brasileira saíram derrotados. Entre eles: Collor, Eduardo Cunha e Romero Jucá.

    16- Outros nomes da direita que NÃO foram eleitos neste ano: Janaina Paschoal (PRTB), Joice Hasselmann (PSDB), Alexandre Frota (PSDB), Abraham Weintraub (PMB) e seu irmão Arthur, Delegado Waldir (União Brasil), Fernando Holiday (Novo) Sérgio Camargo (PL), André Porciuncula (PL), Kátia Abreu (PP), Fabrício Queiroz (PTB), Cris Brasil (PTB), Douglas Garcia (Republicanos), Nise Yamaguchi (PROS), Coronel Telhada (PP), Adrilles Jorge (PTB), Fernando Cury (União Brasil), Felipe Folgosi (PL) e Luiz Henrique Mandetta (União Brasil). Cá pra nós: é muita gente ruim que ficou de fora também, hein 😉

    17- Nem o clã se salvou. O irmão de Michele Bolsonaro e a ex-mulher de Jair Bolsonaro também perderam. Eduardo Bolsonaro foi eleito, mas perdeu 1,1 milhão de eleitores.

    18- Considerando as assembleias legislativas, o PT elegeu maior número de deputados estaduais, dentre todos os partidos.

    19- Considerando os eleitos para os governos estaduais agora: Lula chega ao segundo turno com mais palanques nos estados.

    Bom, pessoal, acho que já são muitas notícias boas, né? Mas se quiserem mandar mais, acrescento aqui depois 😉

    No mais, desejo a todos um resto de mês de outubro menos tenso, mais confiante, mais esperançoso de que esse pesadelo do bolsonarismo está prestes a acabar no Brasil.

    Deixe um comentário

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

    Conectando a %s